7 de março de 2020, 20h50

Dyego Sousa: “A bola insistiu em não entrar”

Futebol

Avançado analisou o empate (1-1) do Benfica perante o V. Setúbal no Bonfim.

SL Benfica e V. Setúbal empataram a um golo na partida da 24.ª jornada da Liga NOS. No Estádio do Bonfim, divisão de pontos, um “resultado difícil de explicar”, segundo Dyego Sousa. O camisola 20 das águias lamentou ainda a “falta de sorte” de uma equipa “que fez tudo” para ganhar.

“É um resultado difícil de explicar. A nossa equipa fez tudo desde o primeiro minuto e a bola insistiu em não entrar. Falta sorte! Estamos a trabalhar imenso, a criar as oportunidades, só que a bola não entra. Agora é chegar lá dentro, repensar tudo e trabalhar ainda mais. Só com trabalho podemos mudar esta fase”, explicou o avançado internacional por Portugal.

“O rendimento é consoante o jogo. Fizemos um bom jogo na 1.ª parte, não tivemos tanta agressividade, mas tivemos oportunidades de sair com um resultado favorável ao intervalo. Na segunda parte precisávamos do resultado, procurámos ainda com mais vontade o golo, sempre a dar mais e mais e mais… só que a bola insistiu em não entrar. É trabalhar! Só com trabalho se muda isso!”, reforçou o camisola 20, que entrou aos 71', para a saída de Cervi

Sobre a luta pelo título, Dyego Sousa foi taxativo! “Falar do FC Porto é indiferente para nós… temos é de fazer o nosso trabalho, o nosso papel! Enquanto não o fizermos, o que o FC Porto fizer ou deixar de fazer não nos vale de nada. Só temos de dar continuidade ao nosso trabalho”, concluiu.

Dia do Pai - 2X1 Réplicas Benfica

Texto: Sónia Antunes 

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar