8 de abril de 2020, 15h59

"Na dificuldade, as Casas do Benfica inventam formas de apoiar"

NewsBenfica

Jorge Jacinto, diretor das Casas do Benfica, escreve o editorial da News Benfica nesta quarta-feira.

O editorial da News Benfica desta quarta-feira é assinado por Jorge Jacinto. O diretor das Casas do Clube escreve sobre a situação atual das 297 Casas, Filiais e Delegações do SL Benfica em todo o mundo, que "nunca baixaram os braços" nesta fase "difícil e de incerteza" que vivemos.

"As 297 Casas, Filiais e Delegações do Sport Lisboa e Benfica em todo o mundo estão também, neste momento, a viver uma fase difícil e de incerteza relativamente ao que o futuro nos reservará a todos. Certo é que nenhuma baixou os braços e continuam a chegar-nos os relatos de enorme solidariedade como são os casos de Vila Real, que ofereceu, em conjunto com os seus atletas e familiares, material de proteção para o Município de Vila Real distribuir pelas instituições mais necessitadas", começa por realçar Jorge Jacinto.

"Em Bruxelas, a Casa do Benfica mobilizou-se com instituições locais e recolheu alimentos e forneceu refeições aos mais carenciados. Em Algueirão-Mem Martins (Sintra), as refeições de Take-Away servem para financiar a alimentação aos Bombeiros, Profissionais de Saúde e Famílias carenciadas referenciadas pela Junta de Freguesia. Em Moura, a Casa do Benfica ofereceu aos Bombeiros locais equipamento para salvar vidas", acrescenta o diretor das Casas.

"Estes são apenas alguns exemplos de que, em alturas de muita dificuldade, as Casas do Benfica conseguem inventar formas de apoiar os mais necessitados e isso é conseguir levar o Benfica mais longe e estar mais perto dos que mais precisam de todos nós", vinca.

Jorge Jacinto

Jorge Jacinto faz um relato das Casas do Benfica que "conseguem ter serviços mínimos a funcionar" e do que teve de parar nesta fase pandémica. "Hoje, neste vasto universo, apenas 10 Casas do Benfica conseguem ter serviços mínimos a funcionar. Quer em Take-Away (Alcácer do Sal, Algueirão-Mem Martins, Arronches, Entroncamento, Loures, Quinta do Conde e Santiago do Cacém e Toronto), ou em atividades letivas e desportivas (Proença-a-Nova e Romont) ou mesmo na área da saúde, como é Proença-a-Nova e o seu Laboratório de Análises Clínicas. Estão parados mais de 40 mil atletas de 46 modalidades diferentes, sejam elas federadas, amadoras ou lúdicas", pormenoriza no editorial da News Benfica.

O diretor das Casas do Benfica salienta a importância deste "projeto pioneiro", que "implementou nesta última década um conjunto de serviços, imagem e de marca em todo o mundo com mais de 300 profissionais ao seu serviço".

"Estes representam já uma importante fatia dos serviços SL Benfica prestados, uma vez que já temos um conjunto alargado de Casas do Benfica onde se podem encontrar todos os produtos disponíveis no Estádio, comportando-se assim como verdadeiras agências de descentralização para que os sócios e adeptos não tenham de se deslocar ao Estádio e possam ter um meio presencial de aquisição ou resolução das suas necessidades", refere.

Jorge Jacinto

Jorge Jacinto guardou a parte final do texto escrito na News Benfica para passar uma mensagem de força a todas as Casas do Benfica e seus associados, e deixou um convite a todos os Benfiquistas.

"Nesta fase difícil, em que a prioridade é a saúde de todos, e a responsabilidade coletiva passa por nos protegermos a nós e a todos os outros, uma palavra de enorme respeito e solidariedade para com todos os dirigentes das Casas, Filais e Delegações em todo o mundo, que hoje têm o desafio de garantir o futuro das Casas do Benfica, e dizer-lhes que vamos ultrapassar todas as dificuldades e que, quando voltarmos, estaremos mais fortes, pois o enorme trabalho que estamos a realizar nestes dias dará os necessários frutos no futuro para que nos possamos rapidamente adaptar a este mundo que vai mudar. E porque em breve vamos estar juntos, aproveito para convidar todos os Benfiquistas a visitar a Casa do Benfica mais perto e a envolver-se e a utilizar mais estes espaços, pois eles estão concebidos para ser espaço de todos e para todos, e em que só com o empenho e dedicação podemos ter Casas do Benfica, Todos os Dias Para Todos!", remata o diretor.

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar