9 de maio de 2020, 16h01

🎥 Diogo Schaefer: “Vamos sair diferentes, mas vamos sair bem”

Padel

O atleta de Padel do Benfica explicou como tem sido feita a adaptação a esta nova realidade causada pela pandemia.

DECLARAÇÕES

Ainda com a possibilidade de voltar às competições de padel, Diogo Schaefer, atleta do Benfica, contou à BTV como tem vivido esta nova realidade e deixou uma mensagem de alento e força a todos os portugueses.

O Padel e a COVID-19

"O grande problema de uma paragem como esta é que isto não tem precedentes, ou seja, não temos uma referência. Se acontecer uma coisa semelhante no futuro, e esperemos que não, já temos mais ou menos os timings e os procedimentos que devemos fazer, mas nesta fase não. É tudo uma aprendizagem em termos desportivos, foi quase uma paragem prolongada, não sei quando a competição volta, dizem que é a partir de dia 1 de junho que, eventualmente, podem começar as competições, o que eu não acredito. Tenho muitas dúvidas porque não me parece muito seguro."

Diogo Schaefer e João Bastos

A época 2019/20

"Quando eu e a minha equipa técnica planeámos a temporada, tinha a possibilidade de fazer a época internacional ou focar-me mais numa época em território nacional e aí dependia também um pouco dos patrocínios que conseguisse angariar, o que nesta fase, com certeza, vai ser mais complicado. Neste momento estamos a rever tudo, as condições possíveis, quando irá retomar a época internacional, isto é, se retomar."

Vestir a camisola do Benfica

"A possibilidade de representar o Benfica, para um atleta aficionado e de certa forma doente como eu sou, é um orgulho e uma motivação extra, não há como esconder isso. Hoje em dia poder vestir a camisola do Benfica no desporto que gosto de fazer e representar o Clube que eu sempre admirei e onde os valores são singulares, é um orgulho. É o culminar de um sonho de criança que sempre tive. É o meu clube de coração."

Diogo Schaefer

Atuação do Benfica face à pandemia

"Não fico admirado. O Benfica para mim sempre teve valores com os quais me revejo enquanto desportista. O Benfica tem uma responsabilidade social enorme, sempre teve isso presente, não é de agora. Desde a sua fundação é um dos pilares onde o Benfica se acentua. O maior orgulho que um benfiquista pode ter é que qualquer pessoa no mundo inteiro se refere ao Benfica como um exemplo a seguir. Por isso mesmo não me admira nada como o Clube agiu e como se antecipou face a esta situação de pandemia."

Mensagem aos benfiquistas

"Quero deixar uma mensagem de alento e de força. Penso que estamos quase a vencer esta batalha. Ainda vai demorar algum tempo a termos a liberdade total a que estamos habituados, mas acredito que todos juntos e de forma responsável vamos conseguir seguir em frente. Vamos sair diferentes, nada vai ser igual, mas tenho a certeza que podemos reinventarmo-nos e sair bem desta situação."

Texto: Márcia Dores

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar