Hóquei em Patins

26 dezembro 2020, 16h18

Miguel Vieira

Numa entrevista concedida à edição n.º 4000 do jornal "O Benfica", o hoquista do clube Miguel Vieira, de 24 anos, destacou a importância da vitória na Taça 1947, competição onde marcou um golo nos quartos de final diante do Óquei de Barcelos.

Voltar a conquistar uma competição

"No Benfica, temos sempre a ambição de ganhar. Voltar a ganhar um título, decorridos três anos [o último tinha sido a Intercontinental em 2017], se olharmos para trás, naquele que tem sido um percurso muito difícil, a nível competitivo nota-se muita diferença nas equipas. Penso que temos de olhar para trás e ver que isto é um processo e que, mesmo estando no Benfica, nada é fácil de conquistar. Só com muito trabalho diário e focados no objetivo é que conseguimos conquistar títulos. Espero que a conquista da Taça 1947 seja um catalisador para futuras conquistas."

Miguel Vieira

A referência Valter Neves

"Não escondo que tenho a ambição de ganhar tudo com esta camisola. No nosso balneário, em cada cacifo, cada atleta tem as taças que cada um ganhou, por números. Cada vez que entro, vejo sempre o cacifo do Valter Neves... Ele tem 17 títulos e muitos anos de Benfica. Sempre que olho, penso que tenho de trabalhar muito e estar a alto nível para ganhar aquele número de títulos."

Miguel Vieira

Paragem forçada por causa da COVID-19

"Quem teve COVID-19 não podia treinar, logo, por aí, existiu uma limitação enorme nas primeiras 2 semanas. Quando voltámos, ressentimo-nos muito a nível físico. Tivemos uma deslocação a Barcelos, num jogo que em condições normais seria extremamente difícil de vencer, e com esta situação toda, ainda pior... Acabámos por perder e tivemos de mudar o chip e pensar unicamente na Taça 1947. Preparámo-nos melhor, fizemos tudo o que podíamos e estudámos a equipa. Sabíamos perfeitamente que tínhamos condições para ganhar. Foi trabalhar e corrigir os nossos erros para isso acontecer."

Miguel Vieira

Ausência de público nos pavilhões

"No início foi difícil. Não sentíamos o público a puxar por nós, e parecia que estávamos na quadra a treinar em vez de jogar. É uma nova realidade a que já nos habituámos, mas espero que, em breve, as coisas normalizem um pouco e os adeptos possam vir ao pavilhão puxar por nós e transmitir aquela garra e sentimento de que nós tanto gostamos."

Competições suspensas em março

"Estávamos muito bem lançados no campeonato, com mais 3 pontos que o 2.º classificado, apesar de sabermos que ainda iríamos defrontar o Sporting, e, mesmo assim, a maior probabilidade de vencer a competição estava do nosso lado. Neste mês tivemos a oportunidade de vencer a Taça 1947, em tempo de pandemia e depois de todas as adversidades com que nos defrontámos até hoje. Esta taça veio dar muita confiança à equipa para o que se avizinha."

Miguel Vieira

Mensagem para os adeptos

"Nas páginas do Benfica, das modalidades, vemos os benfiquistas a tecer comentários de apoio e a puxar por nós. Esta mais recente conquista, da Taça 1947, foi também para eles, e quero aproveitar para deixar uma palavra... Eles que estejam connosco, porque nós trabalhamos sempre para dar o nosso melhor e damos sempre tudo com esta camisola. Nós estamos aqui para dar todos os títulos que conseguirmos."

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 26 de dezembro de 2020

Patrocinadores Hóquei


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar