Casas Benfica

01 janeiro 2021, 09h39

Casa Benfica Condeixa

REPORTAGEM BTV

O último programa da BTV "Pelas Casas do Benfica" em 2020 deslocou-se à Casa Benfica Condeixa e ficou a conhecer melhor o espaço número 173 do Clube.

Lançados os alicerces em 2002, no ano seguinte – 2003 – deu-se a abertura da sede aos sócios e em 2005, com a presença do Presidente Luís Filipe Vieira, realizou-se a inauguração oficial do espaço de benfiquismo em Condeixa-a-Nova.

Na presidência da Casa Benfica Condeixa há cerca de um mês está Alípio Amaral, de 65 anos. O dirigente revelou ao canal de televisão do Clube a relevância do espaço na cidade.

"Tem a importância de divulgar a marca Benfica, como é um ponto de encontro e referência dos Benfiquistas de Condeixa-a-Nova, que é um concelho bastante grande. É uma referência em termos associativos e culturais", frisou.

Casa Benfica Condeixa

"Foi com enorme prazer que aceitei este desafio. Vamos tentar fazer o melhor possível nestes tempos difíceis. Não vamos fazer grandes projetos, porque não é possível. Dentro do nosso trabalho, temos de encontrar soluções diferentes. Uma delas é conseguir mais sócios", projetou ainda Alípio Amaral.

Muito ligada ao desporto, a Casa Benfica Condeixa participa em torneios interassociações organizados pela Câmara Municipal, com equipas de futsal em seniores, juniores e juvenis. Tem, igualmente, uma equipa de trail running desde 2014. A Casa Benfica Condeixa tem pódios em trail running e em estrada. E por esta equipa já passaram 20 atletas.

Casa Benfica Condeixa

Esta ligação à promoção e divulgação do desporto permite que a Câmara Municipal de Condeixa veja a Casa dos encarnados como um parceiro.

"A Casa Benfica Condeixa, para além de referenciar o Clube, é uma parceira nossa no desenvolvimento da atividade desportiva e na promoção do desporto, tendo, aliás, atletas federados no atletismo e no trail running. É mais do que uma Casa de benfiquismo", reconheceu Nuno Moita, presidente da Câmara Municipal.

Casa Benfica Condeixa

Aos 68 anos, João Pato faz questão de participar ativamente no dia a dia da Casa Benfica Condeixa. O vice-presidente é um dos responsáveis pelo bar, um dos locais que mais dinamizam o local.

"Somos duas pessoas a tomar conta do bar [da Casa Benfica Condeixa]; quando falta alguém temos uma escala de serviço. Temos petiscos… o pica-pau, as bifanas. Quando os jogos são à tarde, fazemos uns petiscos; quando os jogos são à noite, fazemos um jantar", revelou.

Casa Benfica Condeixa

Joaquim Curto, de 59 anos, é o atual presidente da Mesa da Assembleia Geral da Casa Benfica Condeixa. Foi presidente durante vários anos e mantém-se ligado ao espaço noutras funções.

"Em Condeixa há muitos Benfiquistas. Diria que cerca de 50 por cento das pessoas de Condeixa são do Benfica. Obviamente que, em conversas de café, o Benfica vinha sempre à frente. Já havia interesse em criar um espaço para os Benfiquistas estarem à vontade a falar de desporto, de futebol e, sobretudo, do Benfica", esclareceu, ao explicar a razão para, em 2002, surgir a Casa Benfica Condeixa.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: SL Benfica
Última atualização: 1 de janeiro de 2021

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar