Futebol

04 janeiro 2021, 20h09

Weigl foi titular no meio-campo

RESUMO DO JOGO

Ultrapassado o dilúvio de domingo, 24 horas depois foi possível recomeçar o Santa Clara-Benfica no Estádio de São Miguel, na viragem para os seis minutos de jogo, o tempo que se consumira na véspera. As águias lideraram o marcador, mas, com uma segunda parte inferior à primeira, acabaram por ceder um empate (1-1) na 12.ª jornada da Liga NOS.

O relvado estava pesado, irregular, mas nesta tarde de segunda-feira a bola já rolava, havia condições mínimas para a realização de uma partida de futebol.

Paciência, rigor e precisão eram alguns dos predicados que se exigiam à equipa benfiquista nas movimentações pelo golo, perante um adversário que na primeira parte apostou na colocação dos seus 11 jogadores dentro da sua intermediária. O objetivo dos insulares era cortar linhas de passe, tapar caminhos para a sua baliza e manter uma portinhola para o contragolpe (sem sucesso, porém, nesta fase).

Santa Clara-Benfica

Envolvendo Darwin, Waldschmidt e Rafa na ação, o Benfica engrenou uma excelente combinação ofensiva ao minuto 33 e gerou o desequilíbrio necessário para romper na grande área e faturar o 0-1. Waldschmidt assistiu, Darwin atirou para as redes (terceiro golo do avançado no Campeonato, oitavo na temporada).

Quebrada a resistência da equipa açoriana, o Benfica atacou pelo 0-2, mas viu a hipótese de êxito esfumar-se por centímetros aos 36'. Rafa, pela direita, virou para o lado contrário, onde Waldschmidt, na área, fez uso do seu pé esquerdo para rematar. O esférico passou rente ao poste direito!

Filme do jogo

Os instantes iniciais da segunda parte do desafio trouxeram um contratempo para as águias, com a lesão de Gilberto (substituído por Diogo Gonçalves aos 51') na sequência de um choque com Jean Patric num duelo aéreo. E o quadro ficou mais cinzento ao minuto 60, quando Fábio Cardoso, à entrada da pequena área, de cabeça, desviou um cruzamento-remate de Crysan e empatou a partida (1-1).

Pizzi

Jorge Jesus modificou uma peça na equipa encarnada aos 66': saiu Waldschmidt, entrou Pizzi. Volvidos quatro minutos, o camisola 21 das águias cobrou um canto na esquerda e Weigl cabeceou na área, com o guarda-redes Marco Rocha a sacudir a bola. Nesta fase da partida os açorianos ainda desenvolveram alguns contra-ataques que deram trabalho à defensiva do Benfica.

A seis minutos dos 90, mais duas alterações no conjunto benfiquista: Taarabt e Everton foram rendidos por Chiquinho e Ferreyra. Impunha-se a procura do segundo golo, mas a equipa, com um rendimento inferior ao do primeiro tempo, não conseguiu ser contínua na demanda neste último fôlego, empatando 1-1 e deixando dois pontos nos Açores.

O Benfica regressa ao continente para dar sequência à sua campanha na Liga NOS, recebendo o Tondela na próxima sexta-feira, dia 8 de janeiro (19h00), no Estádio da Luz, na 13.ª jornada da competição.

12 MESES DE BPLAY, 12 EPISÓDIOS DISPONÍVEIS!

Texto: João Sanches
Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica
Última atualização: 5 de julho de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar