Futebol

04 janeiro 2021, 21h04

Jorge Jesus

CONFERÊNCIA DE IMPRENSA

A equipa do Benfica empatou (1-1) com o Santa Clara, no Estádio de São Miguel, na 12.ª jornada da Liga NOSJorge Jesus analisou a exibição e o resultado das águias.

O técnico elogiou a primeira parte "com muita qualidade" da equipa; lamentou que os encarnados não tivessem dado continuidade à atuação no segundo tempo; explicou o que pretendia com as substituições; e lembrou que há muito Campeonato para se jogar. 

Darwin

Jogo num campo difícil

"A primeira parte do Benfica é muito boa, com muita qualidade. Fizemos um golo bonito, houve também algumas situações de jogo bonitas. No primeiro tempo dominámos praticamente todos os momentos do jogo. Na segunda parte, quando o Gilberto saiu, a equipa quebrou defensivamente. Começou a entrar muito jogo pelo flanco esquerdo do Santa Clara, tanto é que a assistência [de Crysan] para o golo surge desse mesmo corredor. A equipa ficou um pouco preocupada depois do golo. Nos últimos quinze minutos voltámos à normalidade, mas já não fomos um conjunto tão perigoso. Controlámos, mas não criámos grandes oportunidades na segunda parte. O Santa Clara fez o golo e defendeu-se bem. Perdemos dois pontos num campo difícil, com uma equipa que se bate bem, mas tínhamos todas as hipóteses para sair daqui com uma vitória. Porém, não demos continuidade aos primeiros 45 minutos."

"Não é verdade que não tenhamos feito remates na última meia hora. É verdade, sim, que na última meia hora não conseguimos criar grandes oportunidades de golo. Como é que se justifica? Com mérito do Santa Clara, a jogar com muitos jogadores atrás, e não conseguimos situações coletivas e individuais para ter oportunidades e chegar ao golo."

Gilberto

Condição de Gilberto e impacto da saída

"Segundo o médico, o Gilberto sofreu um golpe profundo na cabeça e terá de ser cosido. Não sei quantos pontos vai levar, mas a indicação do médico era de que ele não podia continuar em jogo. A saída do Gilberto foi a nossa primeira quebra."

"O Gilberto não é a única justificação para o empate, mas, naqueles dez minutos após a saída dele, o Santa Clara cresceu no jogo e tivemos alguma intranquilidade."

Diogo Gonçalves

A entrada de Diogo Gonçalves

"O Diogo [Gonçalves] faz o que pode, é uma adaptação. Não estávamos a contar com uma lesão grave na lateral direita, como foi a do André Almeida. O Gilberto era a segunda opção e agora é a primeira. Temos tentado treinar o João Ferreira e o Diogo Gonçalves na posição de defesa-direito. Não foi por aqui que não ganhámos. Pelos jogadores que jogaram, pelos que tínhamos no banco e pelo que jogámos na primeira parte, tínhamos a obrigação de ganhar e sair daqui com outro resultado. Devíamos ter chegado primeiro ao 0-2, em vez de ter sofrido o 1-1."

Ferreyra

Mexidas para dar mais criatividade

"Tentámos mexer dentro das possibilidades. Há alguns jogadores de fora e tentámos dar mais criatividade ofensiva à equipa, mais poder ofensivo com o Ferreyra e o Darwin, mas não conseguimos ganhar os corredores com tanta facilidade para que esses atletas pudessem ser servidos. O Santa Clara teve mérito e fechou-se bem. A ideia era essa. O Pizzi, o Ferreyra e o Chiquinho são jogadores com características ofensivas, mas não conseguimos mexer com o jogo."

Everton

Muito campeonato pela frente

"Estamos colados ao FC Porto no segundo lugar, estamos na 12.ª jornada, portanto, há muito campeonato pela frente. Estamos praticamente no primeiro terço da competição e espero bem poder recuperar o plantel todo."

12 MESES DE BPLAY, 12 EPISÓDIOS DISPONÍVEIS!

Texto: Diogo Nascimento e Marco Rebelo
Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica
Última atualização: 4 de janeiro de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar