Andebol

07 junho 2021, 15h14

Vice-presidente Fernando Tavares e o andebolista Alexis Borges

BEM-VINDO!

Aí está a primeira contratação de 2021/22 para a equipa de andebol do Sport Lisboa e Benfica! Alexis Borges, pivô de 29 anos, é internacional português, representou os franceses do Montpellier e chega ao Clube com o objetivo de "fazer história".

Reforço das águias até 2025, Alexis Borges regressa a Portugal, onde alinhou pelo FC Porto em seis épocas. Além do referido Montpellier, o pivô jogou, ainda, no Barcelona e no Villa Clara, emblema cubano onde começou a carreira.

"É um sentimento grande. Tive o prazer de saber como funciona o Clube quando fiz os exames médicos. Tenho a certeza que o Benfica quer fazer um grande equipa. O meu sentimento é de chegar cá e tentar fazer história para este clube", começou por afirmar na sua apresentação no Estádio da Luz.

Apresentação de Alexis Borges

Habituado a lutar por troféus, Alexis Borges tem um currículo riquíssimo, onde pontificam 1 Mundial de Clubes, 3 Campeonatos Portugueses, 2 Supertaças, 1 Taça de Portugal, 1 Liga Espanhola, 1 Taça de Espanha, 1 Taça da Liga Espanhola, 1 Supertaça Espanhola e 1 Supertaça da Catalunha.

"As equipas onde joguei sempre lutaram por títulos, e chego aqui com essa mentalidade, de conquistar coletivamente, de ajudar a equipa ao máximo. O Benfica tem uma grande equipa e vou ser mais um para ajudar a que tudo corra bem e para conseguirmos atingir os objetivos", frisou.

Apresentação de Alexis Borges

O pivô apresentou-se aos Benfiquistas e garantiu que dará "100% pela equipa".

"Já conheço o Campeonato português e outros campeonatos. Quando estou em campo, sou um jogador que gosta de defender e que dou 100% pela equipa. Sou bom na defesa, agressivo e gosto de atacar bem", disse.

O vice-presidente do Benfica Fernando Tavares esteve na apresentação do reforço de andebol e deixou elogios à qualidade do internacional luso.

"O Alexis [Borges] protagoniza aquilo que pretendemos para as modalidades do Benfica: mais qualidade, mais competência, mais capacidade técnica e física. Em cima disso, caráter e compromisso, e ele é um jogador assim", destacou.

Apresentação de Alexis Borges

"Trata-se de um jogador que é uma mais-valia extraordinária. A chegada do Alexis, juntamente com outros reforços que estão a ser equacionados, traz a possibilidade de melhorar a nossa competitividade e lutar por títulos, que é a ambição do andebol, do Benfica e dos Benfiquistas", completou o dirigente.

Fernando Tavares deixou, ainda, uma palavra de apreço a Chema Rodríguez, o treinador espanhol que comanda o plantel de andebol encarnado.

"A equipa está muito bem entregue ao Chema Rodríguez, foi um dos melhores centrais do mundo como jogador e é candidato a ser um dos melhores treinadores do mundo. Está a fazer um trabalho notável ao nível dos índices competitivos", reconheceu.

Fernando Tavares

O vice-presidente aproveitou para reiterar a avaliação, expressa no domingo, aos resultados coletivos das modalidades de pavilhão do Benfica em 2020/21 e apontou a vitórias neste novo rumo.

"Conquistar, nas equipas masculinas, um Campeonato Nacional de voleibol – o futsal ainda está em aberto – é curto para o Benfica. Tenho de deixar aqui um pedido de desculpas aos adeptos e aos Sócios pela época negativa, medíocre que fizemos nas modalidades. Destaco o trabalho fantástico que foi feito nas nossas equipas femininas. Sem pôr em causa o compromisso de todas as equipas, a verdade é que temos de fazer mais e melhor. Desde o jogador às equipas técnicas, todos têm capacidade para transformar o Benfica num clube mais vencedor e mais competitivo. Nem sempre vamos ganhar, mas temos de deixar tudo no campo", observou Fernando Tavares.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Cátia Luís / SL Benfica
Última atualização: 7 de junho de 2021

Patrocinadores Andebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar