Hóquei em Patins Feminino

11 julho 2021, 13h20

Festejos da conquista da Taça de Portugal

RESUMO DO JOGO

A equipa feminina de hóquei em patins do Benfica conquistou neste domingo, no Pavilhão Ventosa do Bairro, na Mealhada, a 7.ª Taça de Portugal do palmarés. Na final, diante do Infante Sagres, triunfo, por 7-0. 

Para chegar a esta final, as águias eliminaram as equipas do CH Carvalhos, da Sanjoanense e Sporting; já as nortenhas deixaram pelo caminho o Tojal, o Arazede e o CACO. 

No rinque, tal como na meia-final, o Benfica entrou forte, puxou dos galões e inaugurou o marcador logo no minuto inaugural, por intermédio de Maria Sofia Silva, após jogada de Marlene Sousa (1-0). O Infante Sagres levou perigo aos 4', mas Maria Celeste Vieira esteve à altura entre os postes. A iniciativa foi de Inês Açoreira. A camisola 9, aos 5' e aos 6', em contra-ataques, voltou a obrigar Maria Celeste Vieira a aplicar-se. Aos 8', 2-0 para as encarnadas. Saída rápida para o ataque e Flor Felamini a atirar a contar. 

A final mantinha-se jogada a um ritmo alto, com poucas paragens e com as duas formações a acercarem-se das áreas contrárias. Mais perigoso o Benfica, mas Inês Moreira, na baliza do Infante Sagres ia mantendo as nortenhas no jogo. A final chegou ao intervalo com 2-0 no marcador para o Benfica. 

Final da Taça de Portugal

Com o terceiro golo na mira que desse outra tranquilidade, o Benfica veio dos balneários a todo o gás e a exercer grande pressão sobre o Infante Sagres. Porém, a eficácia dos remates continuava baixa, ora porque estes saíam mal direcionados, ora porque Inês Moreira defendia. Aproveitavam as nortenhas para tentar ataques perigosos que permitissem faturar e relançar a final da prova-rainha. 

Em dois minutos, por intermédio de Marlene Sousa, o resultado passou de 2-0 para 4-0. A capitã do Benfica faturou aos 35' e aos 36'. Marlene Sousa tomou-lhe o gosto e chegou ao hat-trick, aos 40', colocando o resultado em 5-0.

A final parecia resolvida, mas, se dúvidas houvessem, Maca Ramos, aos 42', rematou para o 6-0. Até final, destaque para as alterações nas balizas operadas pelos dois técnicos. No último minuto, aos 49', Maria Inês Severino fez o gosto ao stick e mais um para as águias. A final da Taça de Portugal chegou ao fim com o resultado de 7-0 para o Benfica. 

Rui Costa

O Benfica conquistou a 7.ª Taça de Portugal feminina de hóquei em patins, depois do Octocampeonato na semana transata, uma dobradinha que contou com a presença do Presidente Rui Costa nas bancadas do Pavilhão Ventosa do Bairro. 

A Taça de 2020/21 junta-se assim às alcançadas em 2013/14, 2014/15, 2015/16, 2016/17, 2017/18 e 2018/19. Em 2019/20, a prova não teve vencedor devido à pandemia da COVID-19. 

DECLARAÇÕES

Paulo Almeida (treinador do Benfica): "É a história do Benfica... é ganhar. Depois, tivemos aqui o vice-presidente Fernando Tavares e o Rui Costa, que foi meu colega enquanto jogadores do Benfica, partilhámos os mesmo anos como atletas, além de um amigo meu, que comanda agora os destinos do meu clube. Não podia ficar mais feliz. Também para ele, é o primeiro evento em que ele está e que ganha o troféu. Se calhar ele também nunca mais se vai esquecer deste dia."

Marlene Sousa (capitã): "Absolutamente fantástico, estamos muito contentes. Em apenas oito dias conseguimos os dois troféus mais importantes a nível nacional. Temos saudades dos adeptos nos pavilhões. O Benfica é assim, na raça, do primeiro ao último apito."

Maria Sofia Silva (avançada): "É um orgulho [presença de Rui Costa], ficámos todas de boca aberta. Não estávamos à espera. Queríamos dar-lhe o primeiro título como Presidente. A motivação aumenta e jogámos para ganhar. Estamos muito felizes, faz parte do nosso trabalho. Trabalhámos o ano todo para isto, é o ADN do Benfica. Queremos festejar. Somos uma grande família dentro e fora de campo, faz a diferença em todos os jogos."

Maria Celeste Vieira (guarda-redes): "Foi uma final four de grande sacrifício, estava muito calor, uma colega não conseguiu acabar o jogo. Foi muito dura fisicamente, mas o Benfica foi campeão. Quando perdemos em novembro, muita gente duvidou, mas nós trabalhámos. O Benfica passa por um momento que não merece. Esta conquista é para todos os adeptos, quero felicitar também o Rui Costa, o novo Presidente.  Agradecemos por acreditar nesta equipa, ter marcado presença e deixado umas palavras de incentivo, por reconhecer o nosso valor. Mais uma taça para o Cosme Damião, para o feminino, para o Benfica. Esperamos em breve contar com os adeptos nos pavilhões. Estou muito feliz, acabei também a minha formação académica. Não estávamos à espera da presença de Rui Costa, foi completamente um choque. Agradecemos a presença dele, é uma pessoa impecável, superacessível, super-humilde, disse-nos que esta podia ser a sua primeira conquista. Entregamos-lhe a Taça. Desejámos-lhe boa sorte porque o trabalho que vem não é fácil, é para os melhores, mas ele é um dos melhores. Quem está no Benfica está para ganhar."

Beatriz Figueiredo (defesa): "Estou muito feliz, é uma sensação incrível. Lutámos contra o calor, cansaço, foi um sonho concretizado. Equipa muito unida. O espírito é incrível, muito bom, não há individualismos. Não nos apercebemos da chegada de Rui Costa. Foi um orgulho muito grande ter vindo ao balneário dar umas palavras de incentivo, ficámos ainda mais motivadas."

Final da Taça de Portugal 

Benfica-Infante Sagres
7-0
Pavilhão Ventosa do Bairro
Cinco inicial do Benfica
Maria Celeste Vieira, Beatriz Figueiredo, Flor Felamini, Marlene Sousa e Maria Sofia Silva
Suplentes
Rita Albuquerque, Agustina Fernández, Maca Ramos, Sofia Contreiras e Maria Inês Severino
Ao intervalo 2-0
Golos do Benfica
 Maria Sofia Silva (1'), Flor Felamini (8'), Marlene Sousa (35', 36' e 40'), Maca Ramos (42') e Maria Inês Severino (49')

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 11 de julho de 2021

Patrocinadores Hóquei


Relacionadas

Hóquei em Patins Feminino

Hóquei feminino: 7.ª Taça para o Museu!

No Pavilhão Ventosa do Bairro, na Mealhada, a equipa feminina de hóquei em patins do Sport Lisboa e Benfica bateu o Infante Sagres, por 7-0, e conquistou a 7.ª Taça de Portugal do seu palmarés. Os tentos foram da autoria de Marlene Sousa (3), Maria Sofia Silva, Flor Felamini, Maca Ramos e Maria Inês Severino.  

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar