Futebol

15 setembro 2021, 12h22

Escola de Futebol em Kiev é um projeto com 200 jovens e 10 equipas que competem em 12 competições

REPORTAGEM BTV

"Este projeto é inovador e as condições são brilhantes", confirmou Simão Sabrosa. Com cerca de 200 jovens, a Escola de Futebol do Benfica em Kiev, coordenada por Alfredo Almeida, mereceu a visita do diretor de relações internacionais do Clube, e de dois antigos jogadores do Glorioso, Rui Águas e Valdo, no dia 14 de setembro.

A Escola de Futebol na capital da Ucrânia arrancou em 2019 e conta com cerca de duas centenas de atletas, divididos em 10 equipas e que competem em 12 provas. A Mística do Benfica já foi absorvida pelos jovens e pelos pais que os acompanham.

"As condições são fantásticas. Já conhecia este projeto, porque em junho estive com o Alfredo [Almeida] em Lisboa e falámos sobre este tema. Cerca de 200 miúdos a treinarem, onde o Alfredo Almeida passa toda a metodologia de treino, não só aos jogadores, mas também aos treinadores formados por ele. Passa os valores do Benfica, a importância de respeitar o companheiro de equipa e a importância de vestir a camisola. Este projeto é inovador, as condições são brilhantes, este complexo é gigante, até poderia ser chamado de 'mini-Seixal'", observou o diretor de relações internacionais, à reportagem da BTV.

Simão Sabrosa

"É dar os parabéns ao Alfredo, ao Benfica internacional, que está a fazer um trabalho excelente. É uma alegria enorme estar aqui com o Rui Águas e com o Valdo, duas lendas do Benfica. Podemos estar aqui no meio de crianças que têm o sonho de jogar no Benfica. Quem sabe, através da prospeção, se não vamos encontrar aqui um jovem que pode ter um futuro brilhante no Benfica", reconheceu Simão Sabrosa.

O diretor de relações internacionais tem uma forte ligação ao futebol jovem. "Gosto muito da formação, é importante passar os valores do futebol, saber respeitar e ouvir o treinador. São alicerces que podem dar um futuro melhor. É muito importante o que o Benfica está a fazer a nível internacional, não só para a expansão da marca, mas também pelo privilégio de treinar com a metodologia do Benfica", destacou.

Alfredo Almeida

"Estamos em Kiev, mas isto é o Benfica!"

Alfredo Almeida, treinador e coordenador da Escola de Futebol do Benfica em Kiev, deu a conhecer um pouco do trabalho desenvolvido na capital ucraniana.

"Começámos em 2019, vamos partir para a terceira temporada. Há pontos fundamentais para nós, Benfica, que são, não só o ganhar, o perder e o jogar, mas também os valores, o vestir Benfica, o sentir Benfica, o perceber o que é a camisola que se representa. Isso são valores fundamentais, não só na formação dos treinadores, mas também eles passarem isso para os atletas. Depois, a nossa metodologia, em que tentamos influenciar estes treinadores a pensarem de forma diferente, influenciar estes pais a pensarem de forma diferente, e isso é o sentir o Benfica, o saber o que é representar o Benfica, o que é o Benfica em si", realçou o Alfredo Almeida.

"Esses valores, esse respeito, essa admiração pelo Clube, o prazer por vir ao treino e ao jogo… Isso, depois, cria uma forma de ver o jogo diferente daquilo a que o povo ucraniano está habituado. Este trabalho é de uma estrutura enorme que está em Lisboa e que me dá um apoio enorme, eu sou só o rosto", explicou o coordenador da Escola.

Simão, Rui Águas e Valdo

Com cerca de 200 jovens sob o comando de Alfredo Almeida em Kiev, é possível que mais futebolistas ucranianos cheguem à equipa principal do Clube no futuro.

"Espero que tenhamos mais ucranianos no Benfica. Há qualidade e competência, mas isso depende da prospeção e daquilo que o Benfica necessita. Neste momento, dá-me uma alegria e orgulho enormes ver que temos cerca de 200 jovens, divididos em 10 equipas, em que competimos, semanalmente, em 12 competições, com 17/18 jogos por fim de semana. Isto é uma dinâmica muito grande, forte e com uma identidade Benfica", sublinhou.

"As crianças, aqui, já sentem o Benfica. Falam do resultado do jogo do Benfica no fim de semana, falam do nome dos jogadores do Benfica, do treinador… Estamos em Kiev, mas isto é o Benfica, e isso é fundamental", acrescentou, ainda, Alfredo Almeida.

Valdo e Rui Águas

Na Escola de Futebol do Benfica em Kiev também estiveram Rui Águas e Valdo, antigos jogadores do Clube, que ficaram encantados com as condições oferecidas aos jovens.

"A minha opinião é a melhor. Desde logo pelas instalações que visitámos, que são incríveis. Ao mesmo tempo, é interessante como, tão longe de Portugal, temos um projeto ligado ao Clube", apontou Rui Águas.

"O projeto é maravilhoso, fantástico. Nunca pensei encontrar na Ucrânia um projeto do Benfica com esta dimensão. A qualidade das instalações e a alegria dos miúdos… O Benfica está de parabéns, quem está à frente deste projeto está de parabéns. Aqui estão todos os requisitos para que o Benfica colha, no futuro, os frutos da Ucrânia", afirmou Valdo.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 15 de setembro de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar