Basquetebol

11 outubro 2021, 17h52

Norberto Alves

O Pavilhão Fidelidade recebe o primeiro jogo do Benfica no grupo C da edição 2021/22 da FIBA Europe Cup nesta terça-feira, às 21h00. O treinador Norberto Alves e o base José Barbosa, em conferência de Imprensa, lançaram o desafio com o Den Bosch, formação que apelidaram de "bastante rápida".

O técnico das águias começou por "desejar aos outros dois clubes lusos que estão nas competições europeias muita sorte", considerando ser algo "bom para o basquetebol português".

O conjunto neerlandês, adversário do Benfica na 1.ª jornada da fase de grupos, ainda não perdeu internamente e é considerado por Norberto Alves como a melhor equipa dos Países Baixos.

"Uma das grandes motivações para ter mudado de clube era a possibilidade de jogar na Europa e poder encontrar equipas com grande nível. O Den Bosch ainda não perdeu, tem cinco jogos, cinco vitórias e gosta de jogar em transição. São extremamente rápidos. Defensivamente temos de comunicar muito. Temos problemas de lesões e vamos ter de nos ajustar. Temos de defender bem, garantir o ressalto defensivo para evitar os segundos lançamentos. Evitando os segundos lançamentos e as transições, aproximamo-nos de conquistar o jogo. Depois, sermos iguais a nós próprios. Somos uma equipa coletiva, que partilha a bola e isso vai ser decisivo amanhã [terça-feira]. Devido aos constrangimentos, alguns jogadores têm de se adaptar a posições de campo em que não é normal jogarem. Esta equipa é boa e não é suposto ser fácil. Vai exigir que estejamos ao nosso melhor nível e apelamos aos nossos adeptos que venham ao pavilhão", analisou.

Nuno Ferreira e Norberto Alves

O poste Dennis Clifford saiu lesionado do jogo com o Imortal e não vai estar disponível para o duelo europeu.

"Ele não está disponível para amanhã. Ainda está a fazer testes de diagnóstico para percebermos a extensão da lesão. O Departamento Médico, através dos órgãos oficiais do Clube, irá comunicar. É a grande referência defensiva e ofensiva interior da equipa e vamos ter de nos adaptar", revelou.

Bilhetes para o jogo

Ver mais ›

O calendário da equipa de basquetebol vai ser apertado nos próximos meses, com vários jogos a meio da semana. Porém, o técnico encarnado encara "este desafio" com "otimismo".

"Participar nas competições europeias tem mais pontos positivos do que negativos. Este desafio de jogar com estas equipas que investem muito dinheiro é elevado, mas encaramos com otimismo e acreditando no nosso trabalho. Temos uma dinâmica muito positiva. Temos tido algumas lesões e a equipa dá o passo para que outro jogador responda positivamente. É importante para o Benfica estar na Europa e queremos ir, passo a passo, nesse caminho e com sucesso. Estamos num grupo complicado, em que o Den Bosch é a melhor equipa neerlandesa, os russos do Parma-Parimatch investem muito dinheiro e a equipa da República Checa [Opava] tem qualidade", elogiou.

"O objetivo do Benfica é encarar as competições jogo a jogo para as vencer. É algo difícil, mas não impossível. A minha carreira foi feita a conquistar coisas que pareciam impossíveis", completou Norberto Alves.

Basquetebol

José Barbosa: "Estou cheio de ambição"

O base português também marcou presença na conferência de Imprensa e garantiu que a equipa do Benfica está motivada.

"O grupo está, naturalmente, motivado. A pré-época foi longa e o início de época está a ser intenso. A qualificação para esta competição foi difícil, mas motivadora, e deu-nos um clique enquanto equipa, com uma mentalidade vencedora. Estávamos a precisar e vamos transportar isso para a fase de grupos, de forma a começar da melhor forma", assegurou.

José Barbosa tem vários anos de basquetebol, mas faz agora, aos 30 anos, a estreia nas competições europeias de clube.

"É a primeira vez [nas competições europeias] e é desafiante. Tenho 13/14 temporadas de Campeonato português, pouco me surpreende. O único contacto internacional que tinha era através da Seleção Nacional e esta possibilidade de jogar de três em três dias é algo intenso. Vai ser viajar, jogar e descansar. É desafiante enquanto jogador. Estou cheio de ambição", sublinhou.

Basquetebol

Sobre o Den Bosch, José Barbosa admitiu que é um conjunto que gosta de jogar em transição e que tem boas individualidades.

"Do pouco que sei, porque as equipas mudam muito de ano para ano, sei que é uma equipa bastante completa, que joga em transições rápidas e, por isso, vamos ter de os obrigar a jogar em cinco-para-cinco para podermos defender o melhor possível. Têm um base finlandês, bastante completo, que lança de fora e é agressivo. São uma das principais potências do basquetebol neerlandês e esperamos um jogo muito competitivo", considerou.

Texto: Marco Rebelo
Fotos: Cátia Luís / SL Benfica
Última atualização: 11 de outubro de 2021

Patrocinadores Basquetebol


Relacionadas

Futebol

Programa Elite International volta a marcar a diferença

Duas semanas de intensa aprendizagem no Benfica Campus permitiram que 22 jovens atletas, nascidos entre 2005 e 2007, com nacionalidades holandesa, norueguesa e escocesa, assimilassem novos conceitos de jogo, associados à metodologia de treino implementada pelo Clube. O programa Elite International Development, em parceria com a Coerver Coaching, já vai na 11.ª edição e as experiências continuam a ser "marcantes". "Todos conhecem o trabalho da nossa formação. É importante receber jovens de qualidade que querem aprender, conhecer o Benfica e a sua metodologia", afirmou Simão Sabrosa, diretor de Relações Internacionais do Clube, à reportagem da BTV.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar