Andebol

29 março 2022, 21h44

Petar Djordjic apontou 13 golos na deslocação a Toulouse

RESUMO DO JOGO

Benfica perdeu por 38-34 frente ao Fenix Toulouse na noite desta terça-feira, 29 de março, em jogo da 1.ª mão dos oitavos de final da EHF European League no Palais des Sports André Brouat, França, após uma primeira parte de grande nível e uma segunda em que os comandados de Chema Rodríguez quebraram.

A primeira parte ficou marcada por uma excelente exibição do Benfica. Pese a vantagem consistente no marcador só ter surgido a partir dos 16', quando Ole Rahmel fez o 7-8 para os encarnados, a verdade é que estes foram sempre revelando um grande acerto em termos ofensivos, contrastando com a menor eficácia dos franceses.

Os números mostraram isso mesmo, com o Benfica, mesmo beneficiando de duas exclusões entre os da casa, a registar uma eficácia de remate de 74% contra os 65% do Fenix Toulouse, sendo que a diferença de remates das equipas foi mínima (26 contra 27). Em termos individuais, Petar Djordjic apresentou-se a um nível elevadíssimo, conseguindo uma eficácia de 100%, concretizando os oito remates efetuados.

Fenix-Toulouse-Benfica

Agressivos, os benfiquistas terminaram o primeiro tempo com três golos de vantagem, colocando pressão na formação da casa. Agressividade, velocidade e eficácia na finalização fizeram toda a diferença para o 17-20.

Se na metade inicial do encontro o Benfica se apresentou em grande plano, a segunda foi marcada por uma quebra de rendimento acentuada, condicionada por vários fatores que ditaram o desfecho da mesma.

Fenix-Toulouse-Benfica

A lesão de Arnau García, aos 33', foi o primeiro sinal negativo, ao qual se juntaram diversas falhas no ataque dos encarnados. A formação francesa, em dez minutos, apontou nove golos contra quatro do Benfica e passou para uma condição de liderança no marcador que nunca mais perdeu, muito graças também ao acerto do seu guarda-redes Jef Lettens.

Fenix-Toulouse-Benfica

A exclusão de Luciano da Silva, aos 44', permitiu ao Fenix Toulouse cavar uma distância de quatro golos que se manteve até final, mesmo após Chema Rodríguez ter apostado em três pivôs e ameaçado reduzir a distância, cenário que se desvaneceu com a exclusão de Alexis Borges no último minuto.

O Benfica regressa a Lisboa com uma desvantagem de quatro golos, que terá oportunidade de anular na terça-feira, 5 de abril, às 17h45, no Pavilhão n.º 2 da Luz, na segunda mão dos oitavos de final da EHF European League.

Chema Rodriguez

DECLARAÇÕES

Chema Rodríguez (treinador do Benfica): "Foi um jogo difícil, como são sempre os jogos aqui em França. As equipas francesas são muito duras, são quatro golos que confiamos conseguir recuperar. Os adeptos estão sempre connosco e necessitamos que estejam na próxima terça-feira [5 de abril]. Que o Pavilhão esteja cheio para nos apoiar, podemos dar a volta a este resultado e passar para a próxima eliminatória. Que os adeptos venham ao Pavilhão e estejam connosco."

Fenix-Toulouse-Benfica

Fenix Toulouse-Benfica
38-34
Palais des Sports André Brouat (França)
Formação inicial do Benfica

Gustavo Capdeville, Jonas Källman, Petar Djordjic, Lazar Kukic, Tadej Kljun, Ole Rahmel e Alexis Borges

Suplentes
Sergey Hernández, Bélone Moreira, Mahamadou Keita, Arnau García, Paulo Moreno, Carlos Martins, Rogério Moraes, Luciano da Silva e Francisco Pereira
Ao intervalo 17-20
Marcadores do Benfica
 Petar Djordjic (13), Ole Rahmel (5), Lazar Kucic (4), Rogério Moraes (4), Bélone Moreira (3), Jonas Källman (2), Paulo Moreno (1), Alexis Borges (1) e Tadej Kljun (1)

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Arquivo / SL Benfica
Última atualização: 29 de março de 2022

Patrocinadores Andebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar