Andebol

28 setembro 2022, 20h33

Bélone Moreira em ação ofensiva

RESUMO DO JOGO

Campeonato Nacional
5.ª jornada
RESULTADO FINAL
INT: 16-14
Benfica 33
Marítimo 25

O Benfica venceu o Marítimo no Pavilhão n.º 2 da Luz por números expressivos e averbou o terceiro triunfo no Campeonato Nacional, ao início da noite desta quarta-feira, 28 de setembro.

Em partida antecipada da 5.ª jornada do Campeonato, devido à participação do Benfica na IHF Super Globe entre os dias 18 e 23 de outubro, os encarnados venceram o Marítimo por uma margem folgada (33-25).

Diante da turma madeirense, que ainda não conseguiu triunfar neste arranque de temporada (empate a 22 golos com o Belenenses e derrota com o Sporting por 36-24), o Benfica até esteve em desvantagem nos instantes iniciais (1-2), mas um parcial de 3-0 inverteu o rumo dos acontecimentos no Pavilhão n.º 2 da Luz (4-2).

Com duas vitórias em duas partidas (triunfo sobre a ADA Maia por 31-22 e o Santo Tirso por 25-35), a equipa orientada por Chema Rodríguez soube reagir às adversidades causadas pelos insulares, numa fase de maior desconcentração que permitiu o empate (12-12), aos 26'.

Demis Grigoras

De imediato, o treinador do Benfica pediu um desconto de tempo e as palavras dirigidas aos jogadores surtiram efeito. Fruto de maior agressividade e eficácia no ataque, os encarnados, vencedores da Supertaça, chegaram ao intervalo na frente por dois golos.

Uma entrada contundente na segunda metade, com Jonas Källman, Ole Rahmel e Alexis Borges em evidência, fez disparar o Benfica. Ao chegarem rapidamente aos quatro golos de vantagem, os encarnados ganharam ainda mais confiança e nem nova tentativa de recuperação do Marítimo (25-23) fez tremer o Benfica.

Com melhores índices físicos na reta final do desafio, foi com naturalidade que o Benfica alargou diferenças, vencendo com justiça.

Já no sábado, 1 de outubro, há nova partida com o Vitória de Setúbal, na Luz (15h00).

Chema

DECLARAÇÕES

Chema Rodríguez (treinador do Benfica): "Sabíamos que o Marítimo seria uma equipa muito complicada, com um bom treinador, que tem alternativas distintas no ataque e na defesa. Fizemos uma partida séria, soubemos aguentar quando as coisas estavam menos bem e talvez o resultado final seja um pouco dilatado, mas o mais importante era vencer. Temos agora pela frente várias partidas por semana e temos de adaptar-nos para estar em forma a cada dois dias."

Benfica-Marítimo
33-25
Pavilhão n.º 2 da Luz
Formação inicial do Benfica
Sergey Hernández, Ole Rahmel, Tadej Kljun, Ádám Juhász, Petar Djordjic, Jonas Källman e Paulo Moreno
Suplentes
Gustavo Capdeville, Bélone Moreira, Carlos Martins, Alexis Borges, Ander Izquierdo, Arnaud Bingo, Leandro Semedo, Demis Grigoras e Vladimir Vranjes
Formação inicial do Marítimo

Radule Radulovic, Délcio Pina, Tomás Abreu, Alfredo Torres, Elias António, Eldin Vrazalica e Pedro Peneda

Suplentes
Pavel Yarashuk, Rúben Ribeiro, João Macedo, Nuno Silva, Nuno Reis, Tiago Martins, João Gomes e João Fernandes
Ao intervalo 16-14
Marcadores do Benfica
Ole Rahmel (8), Demis Grigoras (5), Jonas Källman (4), Ádám Juhász (3), Alexis Borges (3), Leandro Semedo (3), Petar Djordjic (3), Arnaud Bingo (2), Bélone Moreira (1) e Paulo Moreno (1)

Texto: Redação
Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica
Última atualização: 29 de setembro de 2022

Patrocinadores Andebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar