26 de março de 2018, 14h55

Benfica Legends ganha 1.º Troféu Germano Figueiredo

Futebol

No torneio de homenagem ao Bicampeão Europeu, as glórias do Benfica venceram o Atlético na Tapadinha por 4-6.

A primeira edição do Troféu Germano Figueiredo, organizada pelo Atlético Clube de Portugal, foi ganha pelo Sport Lisboa e Benfica. Convidado para o evento realizado na tarde de domingo na Tapadinha, o Clube fez-se representar em campo pela equipa Benfica Legends.

No torneio que visa homenagear Germano Figueiredo (nascido e criado no bairro de Alcântara, o ex-jogador representou o Atlético e depois fez carreira no Benfica na década de 1960, sagrando-se Bicampeão Europeu), o Benfica Legends, conduzido tecnicamente por Rui Águas, alinhou com o seguinte onze: Paulo Santos, Veloso, Ricardo Rocha, Paulo Madeira, Armando Sá, Calado, Rui Costa, Bruno Aguiar, Vítor Paneira, Nuno Assis e Simão Sabrosa. Como suplentes estiveram: Bruno Basto, Edmundo, Nuno Santos, Ramires, Valido, Sousa, Nandinho e Hernâni.

Já o clube anfitrião alinhou com a formação que atualmente ocupa o 2.º lugar da 1ª Divisão da Associação de Futebol de Lisboa e com jogadores que recentemente marcaram a história do clube. Numa tarde de homenagem, convívio e celebração, as águias venceram o Atlético por 4-6, com dois golos de Armando Sá, três de Nuno Assis e um de Nandinho a meias com um jogador do Atlético.

Miguel Seia, afilhado de Germano Figueiredo, reagiu com agrado à evocação. “É muito bom perceber que o Germano continua vivo na memória dos portugueses e mais concretamente do Atlético e do Benfica. Ele era, de facto, um ser humano extraordinário, foi um futebolista top na altura, mas sobretudo é muito importante fazer a ligação às nossas raízes, à génese e ter a memória daqueles que nos marcaram quer em termos humanos, quer também em termos desportivos”, referiu a respeito do padrinho.

Rui Águas, que marcou presença como treinador do Benfica Legends, afirmou que foi um enorme prazer fazer parte desta celebração. “Quando há mais do que onze jogadores para escolher é sempre difícil, mas é divertido. Foi uma ocasião boa, de celebração de uma grande figura do Benfica e do Atlético”, afirmou o antigo goleador das águias.

Trofeu Germano Figueiredo

A equipa do Benfica foi para o intervalo a ganhar por 1-5, e o capitão António Veloso (em cima na foto) elembrou que as “velhas guardas” ainda estão em forma. “Demonstra a capacidade da nossa equipa, estamos aqui para o que der e vier”, afirmou.

Os adeptos também fizeram questão de estar presentes na homenagem a Germano Figueiredo. “É uma bela iniciativa do Atlético, com a ajuda do Benfica. Fantástico, belas recordações: Rui Costa, Simão Sabrosa, aquela magia... É excelente recordar os velhos craques”, disseram alguns dos espectadores ouvidos na reportagem da BTV.

Trofeu Germano Figueiredo

Rui Costa (em cima na foto) agradeceu ao Atlético o convite e realçou que estes encontros são momentos únicos. “Correu muito bem. É uma festa bonita, de homenagem a uma das grandes figuras do futebol português. Estamos agradecidos ao Atlético por fazer parte desta festa. Foi um convívio extraordinário de ambos os clubes. Depois é a velha velha história: a malta já não joga, reúne-se para jogar. É um divertimento, que neste momento é único para nós”, sublinhou o antigo craque e atual administrador da SAD do Benfica.

“Foi bom poder viver velhos tempos, num campo histórico, contra um clube histórico, mas acima de tudo pelo convívio, pela homenagem a um ex-jogador dos dois clubes”, acrescentou Nandinho.

Primeiro Troféu Germano Figueiredo

Também Simão Sabrosa partilhou o seu sentir. “Há muito que não jogávamos. Estes jogos são sempre importantes para nos divertirmos, para aproveitar e ver amigos também. Este jogo foi igualmente importante para ajudar o Atlético”, realçou.

Para Bruno Aguiar, o dia foi especial não só pela homenagem, mas também porque concretizou "um sonho". “É sempre gratificante, ainda para mais tive a oportunidade de concretizar o meu sonho, que era jogar com o Rui Costa, por isso foi um dia especial para mim e estou satisfeito”, contou-nos o antigo centrocampista.

Texto: Márcia Dores e João André Silva

Fotos: Tânia Paulo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar