13 de abril de 2018, 18h55

Clássico: memórias do aniversariante José Augusto

Futebol

Glória do Benfica completa 81 anos e, em vésperas de jogo com o FC Porto, recordou alguns duelos que travou com o rival.

Parabéns, José Augusto! A glória do Benfica, Bicampeão Europeu (1960/61 e 1961/62), celebra 81 anos. Nascido a 13 de abril de 1937, no Barreiro, filho de Alexandre Almeida, defesa do Barreirense nos anos 30, seguiu as pisadas do progenitor e começou a carreira no clube da terra natal.

Em 1959 deu o pulo na carreira de jogador e ingressou no Benfica. Juntava-se outra estrela à constelação que brilhava no Estádio da Luz. No total, a antigo jogador do Benfica e da Seleção Nacional (45 internacionalizações/10 golos) efetuou 479 partidas de águia ao peito, festejando 207 golos.

José Augusto

A ligação será para sempre, porque o Clube do meu coração, e por quem tenho gratidão, é o Benfica. Os 81 anos não me pesam, porque tive o cuidado de me reservar ao longo da vida”, começou por dizer José Augusto em conversa com o Site Oficial.

Para além de 2 Taças dos Clubes Campeões Europeus, José Augusto conquistou pelo Benfica: 8 Campeonatos Nacionais, 3 Taças de Portugal e 3 Taças de Honra de Lisboa.

Glórias do Benfica

“Estou praticamente há 60 anos no Benfica. Cheguei com 21 anos e hoje faço 81. Iniciei-me, ainda, como treinador no Benfica depois da saída de Otto Glória e fui treinador da formação do Clube. Estive sempre ligado ao Benfica, sobretudo emocionalmente”, referiu.

Em semana de clássico na Luz, lembre-se que José Augusto jogou 25 vezes frente ao FC Porto pelas águias para todas as competições, 18 delas no Campeonato Nacional, e apontou oito golos. Todavia, há um duelo que é especial.

“Em 1964 joguei com o FC Porto, marquei logo aos 12’ e acabámos por ganhar 4-0. Eu marquei dois e o Eusébio outros dois, mas não foi fácil… O FC Porto era, realmente, um dos grandes clubes do futebol português, teve sempre grandes jogadores, e recordo o Araújo e o Hernâni, que foi colega de Seleção e que era um jogador fora de série”, lembrou José Augusto.

Glórias do Benfica

No domingo, às 18h00, há novo duelo entre os dois emblemas e o antigo jogador do Benfica confia na equipa.

Acredito na vitóriaO 12.º jogador, que é a nossa massa associativa, não vai deixar de apoiar para que o Benfica vença”, sublinhou.

José Augusto jogou grande parte da carreira como extremo-direito. Em dia de aniversário, o Site Oficial pediu a sua opinião sobre os jogadores que mais têm jogado nessa posição: Rafa e Salvio. “Qualquer um deles é bom jogador. O Rafa cria desequilíbrios constantemente com a sua velocidade; o Salvio sabe administrar o jogo, é muito habilidoso e pensa sempre, e bem, antes de executar. São dois jogadores que dão ao treinador uma imagem de força coletiva”, elogiou.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar