5 de outubro de 2017, 19h25

Carlos Morais foi MVP da Supertaça

Basquetebol

À semelhança do coletivo, internacional angolano rubricou uma exibição espetacular. Marcou 19 pontos e foi preponderante no triunfo.

Foi com uma exibição portentosa e plena de qualidade que o basquetebol do Benfica conquistou quinta-feira, em Sines, a 14.ª Supertaça do palmarés frente ao CAB. Foram 30 os pontos de diferença que separaram as duas equipas no final: 104-74.

“Quero continuar a trazer ao Benfica a minha qualidade, poder ajudar a que o jogo ofensivo e defensivo seja cada vez melhor. Estive no Afrobasket, foi muito desgastante, quer física, quer psicologicamente, mas cheguei e encontrei um grupo unido e muito motivado, portanto, a integração foi fácil, daí também termos conseguido ganhar da forma como o fizemos hoje”, explicou o internacional angolano.

“Encontrei um grupo muitíssimo motivado, o sistema tático é diferente, mas encaixou-se perfeitamente no conjunto de jogadores que já estavam no Benfica e também naqueles que vieram agora. A vontade de ganhar é muito grande e, se continuarmos a trabalhar assim, no final tudo vai sorrir para o nosso lado”, concluiu.

No final do desafio, também Carlos Andrade era o rosto da felicidade. Depois de explicar que a equipa treina muito – e bem! – a marcação de triplos, como hoje ficou bem patente, o jogador enalteceu a “união e vontade de ganhar muito grande” de toda a equipa. Tudo isto fruto, obviamente, do muito trabalho desenvolvido.

No fim de semana, domingo, arranca a LPB, com o Benfica a receber, no Pavilhão Fidelidade, às 16h00, o Vitória de Guimarães.

Texto: Sónia Antunes 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar