9 de junho de 2019, 18h03

🎥 Benfica vence dérbi eletrizante e está na frente da eliminatória!

Futsal

Jogo 4 da grande final do play-off do Campeonato Nacional de futsal disputa-se na quinta-feira, às 17h00, no Pavilhão João Rocha… e pode haver Campeão!

Espetáculo na Luz! O SL Benfica recebeu e venceu o Sporting CP, por 4-3, em dérbi referente ao jogo 3 da grande final do play-off do Campeonato Nacional de futsal. Com este triunfo, as águias colocam-se em vantagem na eliminatória (2-1) e estão a uma vitória de se sagrarem Campeãs Nacionais!

RESUMO DO JOGO

Emoções ao rubro na Liga Sport Zone! Os eternos rivais estão na luta pelo título nacional, e este domingo, na Luz, a eliminatória – à melhor de cinco – conhece um novo capítulo.

No jogo 1 o Sporting CP veio ganhar ao Pavilhão Fidelidade, a resposta não tardou, com a vitória do SL Benfica no Pavilhão João Rocha no jogo 2. Contas feitas, à partida para o jogo 3, eliminatória empatada a um!

Início, tal como se perspetivava, pautado pelo equilíbrio e respeito entre as formações, com Robinho a criar perigo logo no primeiro lance do jogo e a obrigar Guitta a uma defesa apertada.

Sem um pivot de raiz (Fits ficou fora da convocatória), Dieguinho respondeu e obrigou Roncaglio a dizer presente, situação que se repetiu, após marcação de um livre de Cavinato. E o Benfica pegou no jogo... e o golo surgiu aos 6 minutos.

[GOLO: 1-0] Falha na construção ofensiva do Sporting, com João Matos a errar o passe e, sem Guitta na baliza, Fernandinho rematou para a primeira vantagem no jogo.

Aos 7', num lance com Robinho, Dieguinho viu o cartão vermelho direto e, a jogar em vantagem numérica.. novo golo das águias! 

[GOLO: 2-0] Combinação ofensiva dos encarnados, com André Coelho a rematar para dilatar a vantagem, numa recarga após um primeiro remate de Tiago Brito que Guitta devolveu para a frente.

Em desvantagem, os comandados de Nuno Dias reagiram, contudo, o Benfica não deixou, exibindo-se em grande forma. Foco, concentração, qualidade e responsabilidade!

A meio da primeira parte, Tiago Brito teve nos pés grande oportunidade, mas o guarda-redes leonino saiu bem e disse "não". Dois minutos volvidos, foi a vez de Roncaglio, de baliza a baliza, mostrar pontaria a mais e ver o ferro negar o 3-0. No lance seguinte, Erick puxou Fernandinho, que se preparava para rematar perigosamente… mas o árbitro nada assinalou. Chaguinha e Robinho tiveram soberanas oportunidades nos instantes seguintes, mas a redondinha não quis entrar...

Primeiros 15 minutos com sinal mais e domínio claro do SL Benfica, com a vantagem a ser justíssima e a pecar por escassa!

[GOLO: 2-1] Falta de André Coelho em zona perigosa (3.ª falta acumulada da equipa). Chamado à conversão, no livre direto, Pany Varela rematou para reduzir... contra a corrente do jogo!

Joel Rocha pediu time out para reorganizar as tropas e foi o Benfica quem continuou a carregar, numa partida a aquecer cada vez mais... Até ao intervalo, mais um bom par de oportunidades, contudo, o marcador não tornou a mexer! 

RESUMO DA 1.ª PARTE

Reinício intenso, com o Sporting a querer mostrar serviço… Alex tirou as medidas da baliza encarnada, mas Roncaglio respondeu mais uma vez muito bem. Rocha imitou-o, com um bom remate, mas sem consequências.

Resposta do Benfica, eficaz e de enorme qualidade… e mais golos, dois ao minuto 23, a dar uma vantagem ainda mais dilatada e justa às águias!

[GOLO: 3-1] Tudo começa em Tolrà, com uma espetacular assistência para Robinho… nova assistência para, desta feita, Fernadinho bisar no jogo. Lance do coletivo encarnado, com os jogadores a mostrarem enorme entreajuda.

[GOLO: 4-1] Robinho assistiu o 3-1… e marcou o 4-1. Lance individual pela direita, no frente a frente com Cardinal, o brasileiro fletiu para dentro e rematou forte sem hipóteses de defesa.

Grande partida de futsal, com emoção a rodos, lances de grande espetacularidade e, num Pavilhão Fidelidade completamente lotado, muitos golos... 

[GOLO: 4-2] Resposta do Sporting, aos 25 minutos, com Erick a reduzir, com um remate indefensável em zona frontal.

Que jogo! Ataque, contra-ataque... Impróprio para cardíacos, com o Benfica a ser superior, mas com o Sporting a não deitar a toalha ao chão e a lutar pelo resultado até ao final.

Últimos dez minutos eletrizantes! De um lado o SL Benfica, em vantagem (justa), a querer segurar a mesma e a espreitar mais golos; do outro lado da barricada um Sporting a dar tudo em quadra em busca da reviravolta.

[GOLO: 4-3] Rocha, em lance individual, aguentou o corpo a corpo com Tolrà e rematou forte para aumentar ainda mais a emoção, com seis minutos para se jogar... Equipas separadas por um golo apenas.

E foi até ao fim! Nuno Dias pediu time out, com 2 minutos e 24 segundos para se jogar, com os verdes e brancos a darem tudo em quadra. Com cerca de um minuto e meio para o fim, o Sporting abdicou do guarda-redes, colocando Pedro Cary num 5x4. 

Resposta, com Joel Rocha a chamar as tropas… Muita luta, intensidade, espetacularidade, com o SL Benfica a segurar a vantagem e a vencer justamente este jogo!

Cinco inicial do Benfica: Roncaglio, Chaguinha, Marc Tolrà, Robinho e Fernandinho.

Com esta vitória, o Benfica concretiza a reviravolta e coloca-se em vantagem na eliminatória (2-1)! Contas feitas, o dérbi 4 da grande final do play-off do Campeonato Nacional de futsal disputa-se na quinta-feira, às 17h00, no Pavilhão João Rocha… e pode haver Campeão!

Texto: Sónia Antunes

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar