12 de junho de 2019, 19h32

Rafa renova contrato até 2024

Futebol

Ao serviço do Benfica, o internacional português de 25 anos já conquistou 2 Campeonatos Nacionais, 1 Taça de Portugal e 1 Supertaça, mas quer mais...

Rafa prolongou até 2024 o vínculo contratual que o liga ao Sport Lisboa e Benfica. Com 17 golos apontados na Liga NOS 2018/19, foi o terceiro melhor marcador da competição.

Quando se lhe pergunta se considera 2018/19 a melhor temporada em termos individuais, o atacante aponta ao coletivo e à importância de os seus golos terem ajudado a equipa a conquistar o 37.

"Já me fizeram essa pergunta várias vezes. Não digo que esta seja a melhor ou a pior, não analiso isso dessa maneira. Todas as épocas são diferentes, não me preocupa a época que passou, só penso na próxima. Gosto de estar no Benfica, sempre fui bem recebido nesta casa, estou próximo da minha família, que é algo importante para mim. O projeto do Clube, e que sempre me mostrou, foi a razão para querer sempre manter este vínculo", apontou, em palavras dirigidas à BTV, depois de rubricar o novo contrato.

"Nas outras épocas não fiz tantos golos, mas sempre estive bastante tranquilo. E agora que marquei… também estou tranquilo. Não acho que a época tenha sido melhor por causa desses golos, mas sim por ter contribuído para a equipa", completou Rafa.

Renovação de Rafa

O final de época de Rafa – e de mais três benfiquistas – foi sob o signo da conquista. Depois do Campeonato Nacional pelo Benfica, venceu a Liga das Nações por Portugal.

"Foi bom porque trabalhamos para conquistar troféus, seja pelo Benfica, seja pela Seleção Nacional. Trabalho para ajudar a equipa, também para o bem pessoal, mas sempre a pensar na equipa", reconheceu.

Na assinatura do novo vínculo com o Benfica, um momento foi recordado: no Estádio do Dragão, após o golo de João Félix que deu o empate, viu-se Rafa a puxar pela equipa para regressar rapidamente ao meio campo. O encarnado explicou o porquê.

"Queremos sempre ganhar. O que me motivou nesse momento e a toda a equipa era o querer ganhar. Aquilo [o golo do empate no Estádio do Dragão] não nos servia. Não penso na ambição em termos individuais, mas em termos coletivos, sim, porque isso já envolve os meus colegas de equipa, que considero família. Por vezes passamos mais tempo dentro do balneário do que fora. As pessoas que não estão lá dentro não sabem, mas quem lá está dentro sabe a amizade que temos", revelou.

Considerado um dos mais brincalhões no seio do plantel liderado por Bruno Lage, o 27 deu-se um pouco mais a conhecer aos Benfiquistas.

"Sem ser a minha família, amigos e a namorada, quase ninguém sabe como eu sou. Não gosto das câmaras, de falar… Sou brincalhão, mas mantenho as brincadeiras dentro de portas. Gosto muito de brincar, não levo quase nada a sério, sou muito desligado e acho importante a brincadeira”, esclareceu.

Renovação de Rafa

O percurso

Nasceu para o futebol no Barreiro, cresceu em Alverca e começou a dar nas vistas no Feirense, ainda com idade de Júnior. Sem nunca passar despercebido em campo, pela velocidade que sempre conseguiu impor às suas ações, Rafa destacou-se no emblema de Santa Maria da Feira e foi contratado, em 2013/14, pelo SC Braga.

Em três temporadas, atuou em 127 jogos oficiais pelos bracarenses, ao serviço dos quais apontou 26 golos, um registo impressionante para um extremo/avançado, que rapidamente começou a andar nas bocas dos maiores clubes da Liga Portuguesa.

Na reta final do mercado de verão de 2016/17, na ressaca da conquista do Europeu de França, o internacional português deixava o SC Braga e rumava a Lisboa para representar o Benfica.

Rafa

A estreia

A estreia pelo Benfica deu-se em Arouca a 9 de setembro de 2016. Foi titular, mas uma lesão tirou-o de campo aos 62’, tendo sido substituído por Carrillo. Ao longo destes minutos foi dos que mais mexeram com o jogo através da velocidade e ao explorar a profundidade. Criou dificuldades ao adversário e sentiu-se como peixe na água. Foi assim que, no início da temporada 2016/17, Rafa se tornou um dos principais reforços do Benfica. Em 100 partidas com a camisola do Benfica, fez mais de 6200 minutos, tendo 26 golos marcados (22 na Liga Portuguesa, 2 na Taça de Portugal e 2 na Taça da Liga) em competições oficiais.

Rafa

O primeiro golo

22 de janeiro de 2017. Ao 14.º jogo com a camisola do Benfica, o internacional português conseguiu quebrar o jejum e estrear-se a marcar pelos encarnados. Fê-lo diante do Tondela, na altura último colocado da Liga NOS, ao apontar o terceiro golo das águias (4-0).

Lançado em campo aos 70 minutos, precisou de 14' para fazer a rede balançar. Depois de um passe magistral de Jonas, aplicou um chapéu a Cláudio Ramos e fez levantar as bancadas da Catedral.

No final dessa temporada contabilizava 33 participações em jogos oficiais (3 na Liga dos Campeões, 21 no Campeonato Nacional, 4 na Taça de Portugal, 1 na Supertaça e 4 na Taça da Liga) e dois golos marcados. Números que viriam a aumentar na época seguinte (2017/18), onde em 25 partidas oficiais, protagonizou três remates certeiros (todos na Liga Portuguesa).

Renovação de Rafa

Em 2018/19, chegou, em Vila do Conde, no jogo com o Rio Ave, aos 20 golos na mesma época, uma marca ultrapassada neste século por Simão Sabrosa. Desde 2004/05 (há 14 anos) que um português ao serviço do Benfica não marcava mais de 20 golos numa temporada. Os últimos haviam sido Rui Águas (26 em 1990/91), João Vieira Pinto (23 em 1995/96), Nuno Gomes (20 em 1999/2000) e Simão Sabrosa (22 em 2004/05).

Rafa viria a fazer o golo 21 no último encontro da temporada (Benfica-Santa Clara, 4-1), que daria aos encarnados o 37.º título de Campeão Nacional do palmarés. Aos 39', André Almeida cruzou para a área açoriana, Seferovic falhou o cabeceamento e, na segunda vaga, Rafa finalizou.

Em três épocas ao serviço do Benfica (2016/17, 2017/18 e 2018/19), Rafa terceiro melhor marcador da última Liga NOS, numa lista liderada por Seferovic – já ergueu quatro troféus: 2 Campeonatos Nacionais(2016/17), 1 Taça de Portugal (2016/17) e 1 Supertaça (2017).

Rafa

RAFA NO BENFICA

ÉPOCA JOGOS GOLOS TÍTULOS
2018/19 43 21 Campeonato Nacional 
2017/18 25 3 Supertaça
2016/17 31 2 Campeonato Nacional, Taça de Portugal e Supertaça

Texto: Filipa Fernandes Garcia e Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica e Arquivo

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar