14 de junho de 2019, 22h01

🎥 Tudo em aberto na eliminatória!

Basquetebol

O jogo 4 da final do play-off da Liga Portuguesa de Basquetebol disputa-se às 19h30 da próxima segunda-feira, dia 17 de junho, no Pavilhão Fidelidade.

Que jogão! Noite imprópria para cardíacos no Pavilhão Fidelidade, com SL Benfica e UD Oliveirense a disputarem o jogo 3 da final do play-off da Liga Portuguesa de Basquetebol. Foi preciso ir a prolongamento para definir o vencedor, e aí os forasteiros foram mais eficazes: 82-87.

RESUMO DO JOGO

Estão aí as emoções da Liga Portuguesa de Basquetebol com o Campeão Nacional 2018/19 cada vez mais perto de ser encontrado!

À entrada para esta partida, tudo empatado (1-1). Depois do triunfo caseiro no jogo 1, resposta encarnada com a vitória no jogo 2. Do Pavilhão Dr. Salvador Machado, em Oliveira de Azeméis, a eliminatória (à melhor de 5) viajou para Lisboa…

Pavilhão Fidelidade muito perto de estar esgotado, ambiente espetacular e entrada em quadra atípica das duas equipas. Os primeiros pontos foram marcados por Travante Williams… quase com 3 minutos decorridos. A UD Oliveirense começou melhor e conseguiu um parcial de 0-6.

E foi preciso esperar perto de cinco minutos para os primeiros pontos das águias, com Gladness a marcar da linha de lance livre. O Benfica teimava em não se encontrar e Carlos Lisboa foi mesmo obrigado a parar a partida, com 3 minutos para atingir os primeiros dez e os encarnados a perderem por 6-12. No final do 1.º quarto, os visitantes, que entraram melhor no jogo, iam vencendo na Luz, perante a réplica benfiquista: 12-17.

RESUMO DO 1.º QUARTO

Reinício fortíssimo do Benfica, pleno de raça, com Micah Downs, volvidos 3 minutos, com um triplo, a colocar o marcador em 21-22… Foi então altura de Norberto Alves chamar as tropas perante a aproximação das águias e resultou momentaneamente.

Triplo de Barbosa, dois lances livres de Travante e mais dois pontos de Ellisor dilataram novamente a vantagem. Mas este Benfica estava decidido e paulatinamente foi-se aproximando. Fábio Lima, com um triplo, empatou (29-29) e, com um minuto e 32 segundos para se jogar, Micah Downs, com novo triplo, colocou as águias em vantagem pela primeira vez no desafio (32-30). Muita luta, intensidade, com o intervalo a registar um 34-32 (22-15, no 2.º quarto).

RESUMO DO 2.º QUARTO

Segunda parte a começar com o equilíbrio a ser a nota dominante, nenhuma das equipas a conseguir distanciar-se. Defesas agressivas, ataques rápidos, mais um grande jogo de basquetebol… A meio, sinal mais das águias, mais consistentes, a conseguirem cinco pontos de vantagem perante o adversário (43-38). Até ao final do 3.º quarto, manteve-se a toada, a entrega e a luta: 47-45.

RESUMO DO 3.º QUARTO

Com dois pontos a separar as equipas, tudo em aberto para os derradeiros dez minutos, com emoções ao rubro no Pavilhão Fidelidade. O Benfica tornou a entrar melhor, contudo, a formação de Oliveira de Azeméis reagiu. Incerteza no marcador, incerteza no vencedor… e Micah Downs, em mais uma noite de inspiração, começou a dar resposta a cinco minutos do fim!

Com 3 minutos e 30 segundos para se jogar, cinco pontos a separar as equipas (66-61) e momentos de grande emoção e espetacularidade. O Benfica a dar tudo para segurar a vantagem, do outro lado a Oliveirense a dar tudo para inverter a marcha do marcador (67-65)!

Empate a 67 pontos, com 1 minuto e 41 segundos para jogar… e tudo em aberto! Derradeiros instantes plenos de emoção, com Thaey, depois de um triplo de Cantero, na linha de lance livre a dar vantagem aos forasteiros (70-71).

Faltavam 41 segundos... e posse de bola para as águias, com a equipa de arbitragem a recorrer a todos os meios possíveis para decidir. Foi Barbosa quem tocou na bola em último lugar, decisão correta! Cantero, na linha de lance livre empatou (71-71) e, com apenas 14 segundos disponíveis, tempo ainda para dois time outs, posse de bola para a Oliveirense e tudo empatado! 

Foi preciso ir a prolongamento!

RESUMO DO 4.º QUARTO

Cinco minutos de enorme emoção, com as águias a entrarem melhor e a conseguirem um parcial de 6 pontos, após triplo de Tomás Barroso e um Fábio Lima exemplar na linha de lance livre. Mais uma vez, a resposta não tardou e 78-79, com a incerteza no vencedor a manter-se. Micah Downs tornou a dar vantagem ao Benfica (80-79)… e faltava um minuto, respondeu Thaey (80-81), novamente Micah, mas um afundanço de Coleman colocou o marcador em 82-83, com 23 segundos para jogar! Posse de bola para o Benfica, falta atacante... e Barbosa, na linha de lance livre, dilatou. A fechar, Thaey sentenciou o marcador num 82-87 final!

RESUMO DO PROLONGAMENTO

Cinco inicial do Benfica: Juan Cantero, Fábio Lima, Micah Downs, Arnette Hallman e Mickell Gladness.

Marcadores do SL Benfica: Mickell Gladness (6), Arnette Hallman (11), Micah Downs (32), Álex Suárez (5), Tomás Barroso (10), Fábio Lima (9), Miguel Maria Cardoso (5) e Juan Cantero (4).

Com este resultado, a UD Oliveirense coloca-se em vantagem na eliminatória (2-1). Está a uma vitória de se sagrar campeã, isto enquanto o Benfica precisa de vencer o jogo 4 para forçar a negra. Está tudo em aberto... 

O jogo 4 da final do play-off da Liga Portuguesa de Basquetebol disputa-se às 19h30 da próxima segunda-feira, dia 17 de junho, no Pavilhão Fidelidade.

Texto: Sónia Antunes 

Fotos: Cátia Luís / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar