20 de novembro de 2019, 12h06

Nené: o 7 mais veloz faz 70 anos

Clube

O antigo goleador do Benfica nasceu a 20 de novembro de 1949 e há mais de 50 anos que representa o “primeiro amor” da sua vida.

Tamagnini Nené está de parabéns! A glória do Benfica celebra, nesta quarta-feira, 70 anos, mais de 50 passados dentro do Clube do seu coração.

A 20 de novembro de 1949 nascia em Leça da Palmeira, perto do Porto, Tamagnini Manuel Gomes Batista, mais conhecido por Nené. Desde muito novo que sonhava ser jogador de futebol e o Benfica abriu-lhe as portas do sonho no final da década de 1960, mais concretamente em 1967/68. Desde aí, a sua vida nunca mais foi a mesma…

A 7 de fevereiro de 2018 assinalaram-se os 51 anos desde que Nené chegou ao Clube que considera ser “o primeiro amor” da sua vida. Passou pelos Juniores, mas foi nos Seniores que desenhou a história, qual artista, que ainda hoje perdura como uma obra de arte.

Entre 1968/69 e 1985/86, Nené deu inúmeras pinceladas carregadas de talento nos relvados portugueses e internacionais. Ao todo, pelos encarnados, o veloz número 7, em 18 épocas, contabilizou 575 jogos e 371 golos. É, ainda hoje, o futebolista com mais jogos oficiais pelo Clube e fica apenas atrás de Eusébio e de José Águas entre os melhores marcadores; envergou a braçadeira de capitão em 86 ocasiões e conquistou, nada mais, nada menos do que 27 títulos: 10 Campeonatos Nacionais, 7 Taças de Portugal, 2 Supertaças e 8 Taças de Honra de Lisboa.

Nené

Não só o Benfica pôde usufruir do seu talento nato para o futebol. Ao serviço da Seleção Nacional, o antigo jogador totalizou 66 internacionalizações e marcou 22 golos.

Pendurou as botas no final da temporada de 1985/86, mantendo-se, desde essa altura, na estrutura do Clube, ligado, sobretudo, ao futebol de Formação.

Em 2018, na Gala do Benfica – Cosme Damião foi galardoado com o Prémio Homenagem.

“Estou um bocado emocionado, é normal que algumas palavras não saiam. Estou no Benfica desde os 16 anos. Sempre foi a minha casa, o Clube de coração, um Clube que me aceitou bem e em que vivi momentos inesquecíveis”, referiu na cerimónia.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar