18 de janeiro de 2020, 13h44

🎥 Benfica vence dérbi que virou à esquerda

Futebol

Os três golos do Sporting-Benfica em Sub-23 foram apontados com o pé canhoto.

RESUMO DO JOGO

A equipa Sub-23 do Benfica foi neste sábado ao Estádio Aurélio Pereira vencer o Sporting por 1-2, no dérbi da 26.ª jornada da Liga Revelação. Rodrigo marcou para os da casa, Diogo Capitão e Paulo Bernardo para as águias.

Em Alcochete, frente a frente, o líder – Benfica – com 54 pontos e o 3.º classificado – Sporting – com 49 pontos. Os leões, a jogar em casa, começaram melhor e aos 5' adiantaram-se no marcador por intermédio de Rodrigo, com um remate algo enrolado de meia distância (1-0). Antes, aos 4', Jovane Cabral, num livre direto, a obrigar Kokubo a grande defesa. 

GOLO: 1-0

Com o golo apontado, o Sporting acentuou a pressão exercida sobre o Benfica, com os comandados por Luís Castro a sentir dificuldades na construção ofensiva. Com o passar dos minutos, as águias colocaram o seu futebol à flor da relva e equilibraram a contenda

Aos 20', Luís Lopes, num remate acrobático, a levar perigo até à baliza de Diogo Sousa, após cruzamento de Tiago Araújo, com conta, peso e medida. Aos 24', respondeu o Sporting num contra-ataque conduzido por Jovane Cabral e Bruno Tavares. 

Num lance de bola parada (pontapé de canto), aos 34', Diogo Capitão a empatar o dérbi (1-1). Na área, a bola ficou entre Pedro Ganchas e o capitão dos encarnados, com este, de pé esquerdo, a bater Diogo Sousa. 

GOLO: 1-1

Os verdes e brancos tentavam reagir ao tento sofrido, mas sentiam dificuldades em exercer a mesma pressão que conseguiram fazer nos 15 minutos iniciais da partida; os encarnados, por outro lado, pareciam crescer no desafio.

À passagem dos 43', cambalhota no marcador! Paulo Bernardo, com um tiro do meio da rua, fez o 1-2. O remate do 10 do Benfica parecia ir para fora, mas o guarda-redes leonino, Diogo Sousa, com uma má abordagem ao lance, colocou o esférico na baliza. 

GOLO: 1-2

Até ao apito para o intervalo, não houve mais alterações no resultado. No final dos 45 minutos, Sporting-Benfica, 1-2, em Alcochete.

RESUMO DA 1.ª PARTE

O segundo tempo começou algo morno, com as duas equipas a arriscarem pouco. O safanão no marasmo foi dado por Mitrovski, aos 54'. O avançado macedónio do Sporting, através de um livre direto, a atirar com um estrondo ao poste da baliza defendida por Kokubo, que parecia batido. 

O lance foi sol de pouca dura. O dérbi voltou a baixar o ritmo, com o esférico a andar muito longe de ambas as balizas. Mais confortável no jogo, o Benfica foi gerindo a vantagem no marcador. O Sporting tentava encontrar espaços para penetrar na área encarnada, mas sem sucesso. 

Aproveitava Luís Castro, treinador benfiquista, para mexer na equipa, colocando no jogo pedras para refrescar a equipa, mas sem alterar o xadrez tático na sua génese. Aos 82', Fati, de pé esquerdo, a assustar Kokubo, mas o remate saiu ao lado.

Aos 88', tudo ainda mais complicado para o conjunto leonino. Rodrigo, marcador do tento do Sporting, a derrubar Jair Tavares, a ver o segundo cartão amarelo e a receber a consequente ordem de expulsão.

Com a vitória no dérbi (1-2), os Sub-23 do Benfica alcançam a 5.º triunfo consecutivo e cimentam a liderança, com 57 pontos. Curioso o facto de os três tentos da partida terem sido apontados com o pé canhoto. Na próxima ronda, as águias recebem o Marítimo, no Benfica Campus.

Luís Castro

DECLARAÇÕES

Luís Castro (treinador do Benfica): "Foi uma vitória excelente num jogo com duas boas equipas. Entrámos a perder e melhorámos até ao 1-2. Na segunda parte sabíamos que o Sporting ia estar por cima e provavelmente íamos ter dificuldades. A equipa aguentou, esteve unida e vir ganhar aqui [Alcochete] é excelente. Quando jogamos bem estamos mais perto de vencer. Estar em 1.º lugar não é o foco do Benfica, o foco é trabalhar jogadores para a primeira equipa. Claro que Formar a Ganhar é melhor, é isso que tentamos, mas não colocamos o 1.º lugar à frente da formação. O que estamos a fazer é formar jogadores, mas vencer é sempre mais saboroso."

Paulo Bernardo (jogador do Benfica): "Foi um grande jogo com duas boas equipas. Saímos vitoriosos, que era o que queríamos. Todos os golos são especiais, mas frente ao Sporting temos outro orgulho. O importante é ajudar a equipa."

Sporting-Benfica, 1-2

FICHA  
Local Estádio Aurélio Pereira
Onze do Benfica Leo Kokubo, Tomás Domingos, Miguel Nóbrega, Pedro Ganchas, Frimpong (Rafael Rodrigues, 46'), Diogo Capitão, Vukotic, Ronaldo Camará (Jair Tavares, 46'), Tiago Araújo (Ricardo Araújo, 69'), Paulo Bernardo (Tomás Azevedo, 90'+2') e Luís Lopes (João Borges, 80')
Suplentes Carlos Santos, Rafael Rodrigues, Gonçalo Loureiro, Armalas, Ricardo Araújo, Fábio Baptista, Tomás Azevedo, Montenegro, Jair Tavares e João Borges
Ao intervalo 1-2
Golos do Benfica Diogo Capitão (34') e Paulo Bernardo (43')
Marcha do marcador 1-0, 1-1 e 1-2

Texto: Marco Rebelo

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar