15 de fevereiro de 2020, 16h54

🎥 Benfica pescou em Matosinhos a 21.ª vitória

Voleibol

De volta às lides do Campeonato Nacional, o líder ultrapassou o Leixões e manteve a invencibilidade. 

RESUMO DO JOGO

A equipa de voleibol do Benfica alcançou neste sábado, no Pavilhão Ilídio Ramos, em Matosinhos, a 21.ª vitória seguida na fase regular do Campeonato Nacional. Diante do Leixões, o líder triunfou, por 1-3.

O início do 1.º set deixou no ar que as águias fechariam com facilidade o parcial. Assim não foi apesar do 0-5 inicial. O maior poderio no side out e no ataque junto à rede permitiam aos comandados por Marcel Matz distanciarem-se no marcador. O Leixões acertou a defesa, melhorou a eficácia na distribuição e no remate, e aproximou-se até aos 13-18. Apesar do susto, o Benfica não permitiu mais aproximações aos nortenhos e fechou o 1.º set com 19-25.

1.º SET

O 2.º set, ao contrário do anterior, teve um início bem mais equilibrado, com o Leixões a dar boa réplica, a usar a defesa do Benfica para fazer bloco fora e a chegar a empatar o set (7-7). A turma de Luz sentiu o empate, desconcentrou-se e o conjunto da casa passou para a frente até aos 10-8. Motivada, a turma leixonense manteve-se no comando do resultado até aos 15-16, altura em que o Benfica consumou a cambalhota no scoreNa parte final do set, o Leixões cometeu alguns erros na construção do ataque. Aproveitaram os encarnados para fechar o 2.º set com o resultado de 22-25.

2.º SET

Melhor o Leixões no arranque do 3.º set do jogo, com 3-0. O Benfica assentou o seu voleibol na quadra e empatou o set (4-4). O equilíbrio manteve-se até nova distância do Leixões no resultado (9-7). A partir daqui, na zona 6, Zelão apareceu com o seu poderoso remate e o marcador passou para 11-15 favorável aos Campeões Nacionais. Os nortenhos não se assustaram, organizaram a defesa e o bloco, tiveram um inspirado Phelps no serviço e passaram para a dianteira até aos 21-18. O Benfica ainda se aproximou, mas o 3.º set já não fugiu ao Leixões (25-22).

3.º SET

Desta feita foram as águias a começar melhor, através de um bloco forte, e a colocarem o resultado em 2-5. Respondeu o Leixões com um bom serviço e empate a cinco pontos no 4.º set. Ainda assim, foi sol de pouca dura. Com uma eficácia alta no ataque e com os remates a saírem, tanto na zona 4, como na zona do oposto, o Benfica cavou uma grande distância no marcador, até aos 10-18. Tudo parecia resolvido, mas o parcial de 9-4 para o Leixões pôs o marcador em 19-22. Mesmo com o susto, o 4.º set não fugiu às águias (19-25), que fechou a partida em 1-3.

4.º SET

Esta vitória coloca o Benfica no topo da classificação, com 62 pontos. O próximo embate do voleibol benfiquista é na quarta-feira, dia 19 de fevereiro, com a deslocação ao reduto do Tours VB, em jogo da Liga dos Campeões. 

Marcel Matz

DECLARAÇÕES

Marcel Matz (treinador do Benfica): "Foi um jogo difícil. Jogar fora é sempre mais complicado e houve mudanças na equipa. Mais uma vitória e o mais importante é que eu faça com que a equipa cresça. [Taça de Portugal com o Leixões] Vai ser um jogo equilibrado. Vamos ter de entrar fortes e concentrados para corrermos menos riscos em cada set."

Leixões-Benfica, 1-3

FICHA  
Local Pavilhão Ilídio Ramos
Formação do Benfica André Lopes, Théo Lopes, Zelão, Tiago Violas, Japa, Marc Honoré e Ivo Casas (L)
Suplentes Rapha, Peter, Hugo Gaspar, Afonso Guerreiro e Nuno Pinheiro
1.º set 19-25
2.º set 22-25
3.º set 25-22
4.º set  19-25

Texto: Marco Rebelo

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar