9 de maio de 2020, 01h28

Marcel Matz: “Os jogadores disseram que queriam mais”

Voleibol

Treinador da equipa de voleibol do SL Benfica em entrevista à BTV.

Canceladas as provas ainda em disputa no quadro competitivo da Federação Portuguesa de Voleibol, Marcel Matz, treinador da equipa sénior do Sport Lisboa e Benfica, sublinhou, à BTV, a entrada na Liga dos Campeões como o ponto alto desta temporada.

Balanço

"A análise que tenho desta época e da modalidade é muito positiva. Não tenho como apontar detalhes negativos. É uma modalidade que, tal como as outras, tem vindo a trabalhar muito forte nos pavilhões, um trabalho muito sério, muito esforço para fazer as coisas bem e tentar vencer os títulos que temos para disputar durante a época. Desde que cheguei, vencemos as quatro competições oficiais que disputámos. Agora estávamos qualificados para a final four da Taça de Portugal e em primeiro lugar no Campeonato. De certeza que íamos chegar muito bem. Os jogadores trabalham muito bem, aceitam os desafios que são propostos, querem melhorar e os resultados vão aparecendo. Vamos continuar a defender os títulos que ainda nos pertencem e com uma grande ambição fora de Portugal."

Marcel Matz

"Os jogadores trabalham muito bem e os resultados vão aparecendo"

Liga dos Campeões

"Primeiro perguntei aos jogadores se estavam satisfeitos e eles disseram que queriam mais. Quando tomámos a decisão de entrar na Liga dos Campeões numa fase preliminar, o Clube aceitou e depois começou todo o planeamento, já no fim da temporada passada, passo a passo. Nas pré-eliminatórias jogámos com clubes de investimento parecido ao nosso e evitámos outros superiores. Tivemos um pouco de sorte no início. Depois tivemos azar ao ficarmos no grupo com três equipas muito fortes e com tradições na competição. Mas também era algo que ambicionava, trazer uma equipa dessas cá, tenho a certeza que o impacto de um Perugia em Portugal é positivo às crianças que vêm a praticar a modalidade na formação. Queria isso pelo projeto e pela modalidade aqui em Portugal."

Cancelamentos das provas

"Primeiro o Campeonato foi suspenso, até se falava em voltar em setembro para terminar esta temporada antes da próxima começar. Era algo difícil, até pelos contratos em vigor, mas era uma primeira possibilidade. Nunca acreditei que pudesse voltar logo para terminar o Campeonato. Quando a notícia do cancelamento chegou já estavam todos preparados, e é sempre uma má notícia, até pelo momento em que estávamos. Percebemos que todo o nosso plano de trabalho caiu."

Marcel Matz

Interatividade para manter o contacto

"Temos vindo a fazer formações semanais com o staff da formação, todas as sextas-feiras fazemos uma reunião um pouco mais informal. Isso é algo que me motiva bastante, também fizemos lives com os jogadores no Instagram para continuar a falar um pouco de voleibol, tudo terminou de uma forma radical e nós vínhamos a tentar promover um aumento de pessoas no pavilhão, do contacto da equipa com as pessoas. De uma hora para outra terminar com isso foi muito mau para nós, como profissionais, mas também foi mau para o adepto que estava a começar a gostar de voleibol."

Marcel Matz

"Vamos continuar a defender os títulos que ainda nos pertencem"

Manutenção da atividade física

"Procurámos manter-nos muito ativos fisicamente, dentro das limitações de cada jogador na sua casa. Mantivemos um planeamento diário quase até à semana passada. Com o passar do tempo e com as competições oficialmente canceladas, a motivação dos jogadores também vai caindo um bocado e demos indicações para continuarem a fazer alguma coisa, para usarem os planos de treinos que tínhamos vindo a fazer, mesmo que com menos frequência."

Esperança no futuro

"A minha expectativa maior é que a ciência descubra alguma coisa para controlar o vírus e que tudo o resto não se tenha de adaptar em função de uma doença. As duas coisas são difíceis, mas o caminho mais fácil passa pela ciência, ao contrário do que ter de fazer um reajuste de tudo. O desporto vai ter de voltar forte, mesmo com algum tipo de dificuldade económica ou de adaptação ao vírus [COVID-19] enquanto não existir uma solução definitiva. Mesmo com dificuldade temos de voltar para defender os títulos que colocamos na história do Benfica."

Fotos: Arquivo / SL Benfica


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar