Futebol

29 junho 2020, 20h33

Pizzi no jogo com o Portimonense

Pizzi foi o porta-voz da insatisfação do Benfica depois da derrota (2-0) no terreno do Marítimo. O médio português promete trabalho e reforça a luta pelo título "até ser matematicamente possível". 

"Não conseguimos explicar isto. Entrámos muito bem no jogo, tivemos duas ou três claras oportunidades para marcar e depois… Não há explicação para aquilo que se passa. Parece que tudo nos acontece, mas a culpa é inteiramente nossa, dos jogadores. Tentamos dar sempre o máximo e merecíamos outro resultado, mas o futebol é mesmo assim", analisou o camisola 21 do Benfica. 

"TODOS ESTAMOS A REMAR PARA O MESMO LADO"

"Sabemos que as coisas estão difíceis, mas no Benfica estamos habituados a isso. Nós, jogadores, vamos continuar a trabalhar diariamente para fazer as coisas da melhor maneira e até ser matematicamente possível acreditamos no título", garantiu Pizzi, saindo em defesa do técnico Bruno Lage.

"Confiamos no míster desde o primeiro momento. Não é por estes maus resultados que agora é o pior do mundo. Todos estamos a remar para o mesmo lado. Infelizmente não há explicação para aquilo que se passa e o que posso prometer é que vamos trabalhar diariamente para melhorar já no próximo jogo", prometeu. 

"O que estamos a fazer não corresponde à realidade do Benfica, todos nós no balneário temos consciência disso", rematou. 

Fotos: Arquivo / SL Benfica

Última atualização: 30 de junho de 2020

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar