Futebol

17 dezembro 2020, 00h53

Pizzi

Na noite em que completou 300 jogos oficiais com a camisola do Benfica, Pizzi chegou também à dezena de golos em 2020/21. O internacional português apontou o 1-1, que deu aos encarnados a possibilidade de levar o jogo com o V. Guimarães para penáltis e avançar para a final four da Taça da Liga (4-1 nas grande penalidades).

O médio assumiu, na zona de entrevistas rápidas, que, nos primeiros 45 minutos, os encarnados podiam "ter feito melhor", mas salientou o crer e a persistência da equipa de Jorge Jesus para dar mais um passo em frente na prova, conquistando "mais um objetivo.

"Conquistámos mais um objetivo"

"fizemos uma segunda parte muito boa"

"Na primeira parte podíamos ter feito melhor, poderíamos ter circulado mais rápido a bola e criado mais ocasiões de perigo. A verdade é que também o Vitória de Guimarães foi uma/duas vezes à nossa baliza, mas, quando foi, acabou por ser eficaz... Mas fizemos uma segunda parte muito boa, com muita paciência, com bola, a tocar no último terço e a criar oportunidades de golo. Infelizmente não conseguimos, dentro dos 90 minutos, dar a volta ao jogo, mas acho que foi uma vitória de muita crença, com bastante qualidade sobretudo na segunda. Há que dar os parabéns a toda a equipa porque nos penáltis estivemos muito bem, quem bateu e o nosso guarda-redes [Helton Leite], que acabou por ser decisivo. Temos de lhe dar muito mérito. Conquistámos mais um objetivo, que era passar às meias-finais da Taça da Liga."

Taça da Liga

"Há que dar os parabéns à equipa"

"O Vitória de Guimarães é uma excelente equipa, sabemos que tem jogadores com muita qualidade e que no último terço podem fazer a diferença a qualquer momento. Mas eu acho que foi um jogo de sentido único, atacámos muito, tivemos muita bola, tivemos ocasiões para fazer golo e não concretizámos. Tivemos algumas precipitações que temos de melhorar ainda na zona de decisão, mas há que dar os parabéns à equipa. Defrontámos um grande adversário e acabámos por vencer nos penáltis."

"Olhar para o guarda-redes até ao último momento"

"Não posso dar muitas dicas [sobre a marcação de grandes penalidades], senão os guarda-redes adversários começam a analisar-me de uma maneira diferente... Mas tento sempre olhar para o guarda-redes até ao último momento e as coisas têm saído bem. Tenho feito golos e ajudado a equipa a conquistar vitórias. Isso é o mais importante."

Taça da Liga

"300 jogos oficiais? É um orgulho!"

"É um orgulho enorme representar este Clube. Nunca nos meus sonhos eu pensei fazer 300 jogos [oficiais] pelo Benfica, é um orgulho. Quero agradecer a todos os meus companheiros de equipa que, desde o primeiro momento, me ajudaram a conquistar isto, e a toda a minha família. É um orgulho enorme vestir esta camisola. Oxalá possa fazer mais e ajudar a equipa a conquistar ainda mais títulos, é isso que eu quero."

"Oxalá possa ajudar a equipa a conquistar mais títulos"

"Agora é pensar já no Gil Vicente"

"Estamos habituados a competir a cada dois/três dias, é o normal de uma equipa grande. Estamos em muitas competições, mas acho que os jogadores querem é isto, jogar, ter competição, estar dentro do jogo. Vencermos estes jogos [Taça de Portugal e Taça da Liga], é importante para ganharmos confiança. Agora é pensar já no Gil Vicente, que, certamente, vai ser um jogo também bastante complicado."

Desconto Natal Benfica

Texto: Filipa Fernandes Garcia
Fotos: João Paulo Trindade e Tânia Paulo / SL Benfica
Última atualização: 17 de dezembro de 2020

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar