Futebol feminino

17 janeiro 2021, 17h00

Festejos de Catarina Amado, Ana Vitória, Beatriz Cameirão, Lúcia Alves e Cloé Lacasse

RESUMO DO JOGO

Tentos de elevada qualidade num encontro onde houve tempo para uma estreia, um regresso e um póquer de Cloé Lacasse. A equipa feminina do Benfica, a jogar no Campo n.º 7 do Benfica Campus, venceu o Torreense por 7-0 na 1.ª jornada da 2.ª fase da Liga BPI.

Início fulgurante no Seixal... A equipa do Benfica, liderada por Filipa Patão, entrou praticamente a vencer na partida. Aos 3', houve magia no Campo n.º 7 do Benfica Campus. Ana Vitória, na zona nevrálgica do terreno, fez a abertura para o flanco direito. Sem preparação, Beatriz Cameirão, já no interior da área, disparou um potente remate para o 1-0. O esférico entrou junto ao poste direito e não deu hipótese de defesa para guardiã contrária. 

As águias não abrandavam e, após marcar um golo de belo efeito, Beatriz Cameirão assumiu o papel de assistente. A jovem encarnada avançou pelo corredor direito, ultrapassou a defesa contrária com uma bela finta e cruzou para o interior da área. Cloé Lacasse, solta de marcação, só teve de cabecear para o segundo tento do jogo (2-0 aos 7').

Benfica-Torreense 2.ª fase Liga BPI

O corredor direito estava a ser muito bem explorado pelas benfiquistas e aos 13' houve novo golo. Catarina Amado foi até à linha de fundo, fez um cruzamento atrasado, Ana Vitória simulou, deixou passar o esférico e Lúcia Alves – de regresso à equipa após empréstimo ao Valadares-Gaia –, vinda de trás, rematou cruzado, na passada, para as celebrações. Melhor regresso era impossível! 

Só dava Benfica e a marcha do marcador continuava para o Clube da Luz. Christy Ucheibe, aos 23', correspondeu da melhor forma ao cruzamento açucarado de Ana Vitória. O passe teleguiado encontrou a nigeriana que, ao segundo poste, rececionou, ajeitou e rematou rasteiro para o golo (4-0). O ritmo da partida havia baixado um pouco, mas a qualidade implementada pelas encarnadas nem por sombras. Nycole trabalhou bem no corredor direito, colocou a bola em Ana Vitória e a internacional brasileira rematou em arco. Mariana Ferreira efetuou uma defesa incompleta e Cloé Lacasse, atenta ao lance, avançou a uma velocidade supersónica para bisar e ampliar a vantagem (5-0 aos 30'). 

Benfica-Torreense 2.ª fase Liga BPI

Aos 43', Cloé Lacasse esteve muito perto de voltar a marcar. Nycole fez um passe rasteiro a rasgar, a avançada canadiana entrou na diagonal, recebeu a bola, olhou para a baliza, todavia, o remate saiu fraco e a guardiã contrária segurou. Ao intervalo: 5-0.

A toada de jogo mantinha-se a mesma do primeiro tempo. As movimentações ofensivas do Benfica continuavam a "empurrar" as jogadoras do Torreense para a sua zona defensiva. A primeira ameaça do segundo tempo pertenceu a Nycole. A dianteira encarnada puxou a culatra atrás e desferiu um potente remate de pé esquerdo, contudo, a bola acabou por subir em demasia e passou por cima da barra da baliza. 

As águias ameaçavam e aos 61' voltou a gritar-se golo. O corredor direito era o ponto fraco do Torreense e estava a ser muito bem aproveitado pelas comandadas de Filipa Patão. Lúcia Alves avançou pelo flanco direito, cruzou para o interior da área e Cloé Lacasse, à ponta de lança, tocou para o sexto remate certeiro do Benfica (6-0). Aos 63', a treinadora das visitadas efetuou as primeiras mexidas na sua equipa. Marta Cintra – estreina na equipa principal – e Andreia Faria entraram para os lugares de Sílvia Rebelo e Beatriz Cameirão

Benfica-Torreense 2.ª fase Liga BPI

O póquer de Cloé Lacasse surgiu aos 76'! Nycole, descaída para o flanco esquerdo, rematou cruzado, mas o esférico atravessou a área de um lado ao outro. Marta Cintra não deu o lance por perdido e, sem egoísmos, passou para Cloé, que agradeceu a oferta com mais um tento (7-0). Logo após o golo, aos 77', Filipa Patão voltou a efetuar novas substituições. Jolina, Amélia Silva e Beatriz Nogueira entraram para os lugares de Cloé Lacasse, Nycole e Pauleta

Até ao término da partida o Benfica foi dominando a seu bel-prazer – nota ainda para um livre direto de Ana Vitória com o esférico a ir contra o poste esquerdo – e garantiu os três pontos na 1.ª jornada da 2.ª fase de Liga BPI. Resultado final: 7-0.

Na próxima jornada (2.ª da 2.ª fase) o Benfica enfrenta, fora de portas, o Clube Albergaria. Um jogo que terá como palco o Estádio Municipal António Augusto Martins Pereira.

Benfica-Torreense 2.ª fase Liga BPI

DECLARAÇÕES

Marco Sousa (treinador adjunto do Benfica): "Depois do resultado menos conseguido na terça-feira (12 de janeiro), queríamos dar uma resposta. A equipa acabou por entrar bastante bem e o golo aos três minutos acabou por condicionar a estratégia do Torreense. A equipa entrou muito bem, confiante e disposta a dar uma resposta. Isso jogou a nosso favor e depois construimos um resultado mais avultado. Foi um bom regresso da Lúcia Alves. Apesar desta não ser a posição mais habitual dela, era uma posição que ela já conhecia."

Benfica-Torreense, 7-0

FICHA  
Local Campo n.º 7 do Benfica Campus
Onze inicial do Benfica Dani Neuhaus, Catarina Amado, Sílvia Rebelo (Andreia Faria, 63'), Ana Seiça, Lúcia Alves, Pauleta (Beatriz Nogueira, 77'), Christy Ucheibe, Beatriz Cameirão (Marta Cintra, 63'), Ana Vitória, Cloé Lacasse (Jolina, 77') e Nycole (Amélia Silva, 77')
Suplentes Mariana Diogo, Jolina (77'), Francisca "Kika" Nazareth, Amélia Silva (77'), Andreia Faria (63'), Beatriz Nogueira (77') e Marta Cintra (63')
Ao intervalo 5-0
Marcadoras do Benfica Beatriz Cameirão (3'), Cloé Lacasse (7', 30', 61' e 76'), Lúcia Alves (13') e Christy Ucheibe (23')

Texto: Diogo Nascimento
Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica
Última atualização: 20 de janeiro de 2021

Patrocinadores Futebol Feminino


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar