Futebol

08 fevereiro 2021, 21h21

Festejos da equipa do Benfica

RESUMO DO JOGO

O Benfica entrou a vencer na segunda volta da Liga NOS, batendo o Famalicão (2-0) no Estádio da Luz. Dois golos de rajada a abrir o jogo da 18.ª ronda e um coletivo mais pragmático e eficaz cumpriram o objetivo: somar os três pontos.

Noite de segunda-feira de futebol na Catedral, com o Benfica, 4.º classificado, a receber o Famalicão (17.º) agora sob o comando técnico de Jorge Silas. Formações separadas por 20 pontos à partida, num duelo que marcou o regresso de Jorge Jesus ao banco, após recuperação de COVID-19, e que marcou também o arranque da segunda volta da Liga NOS.

Benfica-Famalicão

Odysseas na baliza; Gilberto, Otamendi, Vertonghen e Grimaldo na zona mais defensiva; Weigl, Taarabt, Everton e Cervi no miolo do terreno; Seferovic e Darwin na frente atacante. Analisando o xadrez escolhido, uma alteração face ao último onze, com Darwin a entrar para o lugar de Pizzi.

Há quatro jogos sem vencer na prova, entrada fortíssima das águias, com dois golos madrugadores, e de rajada, a mostrarem uma equipa determinada e a querer inverter o ciclo menos positivo. Tem faltado eficácia, é certo, mas os primeiros minutos na Luz mostraram-na!

No 20.º embate da história entre os emblemas, o 1-0 chegou logo aos 3'. Excelente iniciativa de Everton na direita, a levar tudo à frente após combinação com Taarabt, cruzamento rasteiro e, ao segundo poste, Darwin, de primeira, a encostar para a vantagem. Foi o quarto golo do uruguaio na Liga NOS 2020/21, e a quarta assistência de Everton.

O Benfica respirava confiança e o 2-0 não tardou! Minuto 7, livre curto na esquerda, remate poderoso de Taarabt para defesa improvisada, e para a frente, de Luiz Júnior. Otamendi, na hora certa, no local certo, na recarga disparou certeiro para o fundo das redes. Foi a estreia do argentino, nesta noite a envergar a braçadeira de capitão, a marcar de Manto Sagrado.

Benfica-Famalicão

Embalados, os encarnados estiveram muito perto do 3-0... e isto antes dos 20' de jogo. Cervi e Grimaldo a trabalharem bem na ala esquerda, cruzamento do espanhol com conta, peso e medida, com Taarabt a responder de cabeça. Caprichosamente, o esférico saiu por cima da trave.

Só dava Benfica na Luz, perante um Famalicão que bem tentou encurtar espaços entre linhas, mas viu as águias, pressionantes e incisivas, a terem mais duas boas chances de golo até à primeira meia hora do encontro.

Primeiro Darwin (23'), bem posicionado, mas a rematar à figura; depois, Seferovic (30'), servido por Everton, a cabecear por cima do ferro. Pelo meio (26'), a única ocasião digna de destaque por parte dos visitantes. Livre descaído na direita e, na sequência, Gil Dias rematou cruzado e forte, com o ferro a devolver a bola. Muito perigoso!

Até ao intervalo, Weigl (36') e Cervi (44') poderiam ter aumentado a vantagem, mas faltou alguma frieza na Hora H. 

Primeira parte dominada pelo Benfica, superior em todos os parâmetros do desafio, a terminar os primeiros 45 minutos com 62% de posse de bola, 16 ataques e oito remates (o Famalicão fez somente um), quatro à baliza e dois deles a valerem a justa vantagem.

Regresso dos balneários, com um Benfica menos intenso e a sentir-se o desgaste, contudo, com Darwin a ter soberana oportunidade nos momentos iniciais. Mais uma vez Taarabt no lance, no endosso, com o avançado uruguaio a galgar metros, ganhar posição, mas a rematar por cima.

Em vantagem, e com um ciclo de jogos intenso, as águias baixaram a pressão, numa tentativa de gestão dos acontecimentos. Aproveitou o Famalicão para crescer e se aproximar da baliza à guarda de Odysseas.

Rúben Vinagre e Gil Dias eram os mais inconformados e o guardião grego foi chamado ao serviço. Cinco remates na segunda metade, e todos eles a levarem algum perigo, com Odysseas a resolver.

Benfica-Famalicão

O Benfica parecia menos ligado na partida, e Jorge Jesus, aos 62', colocou Pizzi no lugar do desgastado Cervi. Não obstante, o Famalicão continuava a acreditar, perante um Benfica algo expectante e a gerir. Aos 76', nova mexida nas águias: saída de Taarabat para a entrada de Gabriel.

Aos 82', sacudidela e oportunidade para o Benfica. Com o Famalicão mais subido, Seferovic a sair rápido pela esquerda, a trabalhar bem e a temporizar para a entrada de Darwin. O camisola 9 surgiu oportuno, mas falhou o golo numa situação em que tinha tudo para faturar.

Já na reta final, mais dois lances para os visitantes (Anderson e Lukovic), com Odysseas a dizer "presente" e a manter as suas redes invioláveis. Na resposta, grande defesa de Luiz Júnior a remate poderoso de Everton.

Benfica-Famalicão

Em tempo de compensação, duas mexidas no xadrez das águias, com Chiquinho e Diogo Gonçalves a saltarem do banco para as saídas de Everton e Darwin.

Até ao apito final de Hugo Miguel, a toada manteve-se e o resultado não se alterou. Triunfo para o Benfica, justo, conseguido com dois golos de rajada, numa primeira parte positiva e de construção. Nos segundos 45 minutos, algum desgaste e gestão, com o Famalicão a equilibrar. Nos números gerais do jogo, 59% de posse de bola para as águias, contra 41% do adversário.

Com este triunfo, o Benfica soma agora 37 pontos na classificação geral. Nesta ronda já recuperou terreno em relação ao FC Porto (40) e ao Braga (37), tendo pela frente 16 jogos (e 48 pontos) para disputar no Campeonato.

Benfica-Famalicão

Abre-se agora uma nova janela competitiva, com as águias a entrarem em campo já na próxima quinta-feira, dia 11 de fevereiro. No Estádio António Coimbra da Mota (20h15), Benfica e Estoril discutem a 1.ª mão da meia-final da Taça de Portugal

O regresso ao Campeonato Nacional acontece três dias depois, com os encarnados a viajarem até Moreira de Cónegos. O Moreirense-Benfica tem o pontapé inicial marcado para as 20h15 de domingo (14 de fevereiro), e é referente à 19.ª jornada da competição.

50% Desconto Réplicas Oficiais

Texto: Sónia Antunes
Fotos: João Paulo Trindade e Tânia Paulo / SL Benfica
Última atualização: 8 de fevereiro de 2021

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Futebol

Man of the Match

Ao minuto 7 do duelo com o Famalicão no Estádio da Luz, Otamendi apontou o segundo golo do Benfica no jogo, o primeiro do internacional argentino pelas águias. O central seria eleito "Man of the Match" pelos adeptos nesta vitória (2-0) na 18.ª jornada da Liga NOS.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar