Voleibol

02 outubro 2021, 20h33

Festejos pela conquista da 10.ª Supertaça

O Sport Lisboa e Benfica venceu (3-2) a Supertaça de voleibol frente ao Sporting, este dia 2 de outubro, no Pavilhão Municipal de Santo Tirso, num encontro emotivo e perante o apoio apaixonado dos muitos adeptos benfiquistas. Foi a 10.ª conquista da prova para as águias, no primeiro desafio oficial da temporada 2021/22.

A alternância no marcador no primeiro set foi uma constante e marcou boa parte do encontro, com o Benfica a conseguir chegar aos 10-8, vantagem que foi sendo diluída com algumas falhas no ataque, que possibilitaram ao Sporting igualar o marcador a 15-15. Os comandados de Marcel Matz continuaram a ter menor acerto no momento ofensivo, possibilitando ao Sporting chegar aos 17-19, aproveitando um serviço direto de Victor Hugo para conseguir a maior vantagem no parcial. Com menos três pontos, Marcel Matz pediu mais trabalho junto da rede, perto do bloco contrário, conseguindo reduzir para 23-24, salvando o primeiro ponto de jogo. Porém, o segundo set point acabou por fechar o parcial depois de um ponto muito disputado e dando sinais claros que de era preciso aumentar a eficácia no bloco e a certeza nas definições de ataque para inverter o rumo dos acontecimentos.

Voleibol Benfica

Assim foi! No segundo set, o Benfica respondeu de forma contundente, sobretudo a meio do mesmo. Liderando até aos 6-4, o acerto defensivo do oponente ainda permitiu vantagens de 8-10 e 11-14, até que os encarnados foram letais no aproveitamento do serviço e da permeabilidade do bloco contrário, que, entretanto, foi revelando desacerto junto à rede. Variando o serviço, o Benfica igualou a 14-14, superiorizando-se até aos 21-18. A vantagem alcançada foi mesmo determinante para que o set fosse ganho pelo Benfica.

Voleibol Benfica

O terceiro set, esse, foi decidido a favor de quem teve melhor acerto no bloco e serviço na fase final do mesmo. Ponto a ponto, com oscilações mínimas na pontuação para as equipas e com alguns erros provocados pelo desgaste inerente à fase inicial da temporada, o Benfica afirmou-se aos 21-19. Daí para a frente, com quatro erros seguidos no serviço por parte do oponente, os campeões nacionais puxaram dos galões no momento de servirem e receberam dois ataques do Sporting com qualidade, fechando o parcial com 25-23. Rapha mostrou-se em grande nível e acabou por ser determinante no ataque à rede.

Voleibol Benfica

A entrada para o 4.º set, o mais disputado da tarde, mostrou um Benfica ainda mais confiante e solidário, com o bloco e o ataque a denotarem eficácia elevada. Paulatinamente, os homens de Marcel Matz foram consolidando uma vantagem que sensivelmente a meio do parcial chegou aos 14-10. O Sporting falhava no ataque, dava sinais de que o set e o jogo estavam encaminhados para as águias, algo que se prolongou até aos 23-19. Mas o Benfica, nessa altura, repentinamente acumulou erros no ataque, perante um acerto da defesa leonina. A diferença pontual desvaneceu-se e o parcial acabou mesmo por ser decidido nas vantagens, por 30-32.

Voleibol Benfica

O perigo era evidente e só quem se apresentasse mais forte na negra em termos psicológicos conseguiria suplantar o desgaste do duelo que já ia em duas horas. Se os adeptos do Benfica até então não pararam de mostrar a sua força e fervor no apoio à equipa, nesta fase aumentaram ainda os decibéis e o coletivo respondeu em grande estilo. Liderando até aos 8-6, permitindo ainda o 8-8, os encarnados, com um bloco afinado e um ataque feroz dispararam para os 12-8, colocando praticamente um ponto final na contenda. O 5.º e último set ficou fechado e selado com um 15-12 e o Benfica ergueu a 10.ª Supertaça de voleibol do seu historial após 2h39 de disputa.

Voleibol Benfica 

DECLARAÇÕES

Marcel Matz com equipa técnica

Marcel Matz (treinador do Benfica): "A nossa equipa é muito boa, muito competente com 14 jogadores de qualidade extrema. Há sempre alguém de qualidade para colocar no jogo. Foi um jogo muito disputado, bem jogado pelo Sporting também. Vai ser assim a época inteira. Os jogadores trabalharam no limite. Parabéns para a nossa equipa e os nossos adeptos deram 'show'! Sempre a apoiar do princípio ao fim. Podíamos ter fechado o jogo no 4.º set, fomos para o 5.º, o que é sempre perigoso. Agora, vamos pensar na Liga dos Campeões, vamos ter uma viagem longa para a Estónia, mas é sempre bom viajar com uma vitória!"

Agradecimento aos adeptos

Hugo Gaspar (capitão): "É uma grande alegria, trabalhámos muito! Foi um início de época duro, com muito treino e sacrifício, as nossas famílias sofrem muito. Com 40 anos cá estou e com esta grande equipa que tem ganho muitos títulos! Vamos continuar a ganhar! Expectativas para a época? Agora é já a Liga dos Campeões, queremos entrar na fase de grupos. O Sporting é um grande candidato a todos os títulos este ano, mas sofreram muito! Tivemos uma grande claque de apoio, que gritou, ajudou-nos muito, mesmo em momentos duros, por isso estamos todos de parabéns."

Benfica-Sporting
3-2
Pavilhão Municipal de Santo Tirso
Formação inicial do Benfica
 Rapha, Wohlfi, Hugo Gaspar, Tiago Violas, Japa, Ivo Casas e Marc Honoré
Suplentes
Bernardo Silva, André Lopes, Bernardo Lersch, Bernardo Westermann,
Pablo Natan, Aaro Nikula, Lucas França e Zelão. 
1.º set 2.º set 3.º set 4.º set 5.º set
23-25 25-21 25-23 30-32 15-12

 

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Cátia Luís / SL Benfica
Última atualização: 6 de outubro de 2021

Patrocinadores Voleibol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar