Futebol

24 fevereiro 2022, 00h02

Yaremchuk marcou o segundo golo do Benfica no encontro que terminou empatado 2-2 frente ao Ajax

RESUMO DO JOGO

Um Benfica determinado perante a adversidade, com o incessante apoio dos Benfiquistas, empatou (2-2) na noite de quarta-feira, 23 de fevereiro, frente ao Ajax, em encontro referente à 1.ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. Com raça e ambição, na segunda parte, as águias chegaram à igualdade, somaram oportunidades de golo perdidas e desvaneceram os erros defensivos cometidos no primeiro tempo.

O início do encontro foi marcado pela cautela das duas equipas, sem grandes riscos e à procura de perceberem, ambas, os encaixes táticos. O Benfica, com o regresso de Gilberto ao onze, ocupando o lado direito da defesa, tendo em Gonçalo Ramos o terceiro elemento de meio-campo em momento defensivo e o apoio direto e frontal a Darwin em ataque, fez o primeiro remate aos 3'. O cabeceamento de Vertonghen após livre de Grimaldo na esquerda foi para as mãos do guarda-redes Pasveer.

Benfica-Ajax 1.ª mão oitavos final Champions

O Ajax respondeu aos 6' por Antony, com um remate de pé esquerdo à figura de Odysseas. As oscilações nos momentos de pressão das formações marcaram os minutos que se seguiram, com o Benfica a apresentar linhas juntas e os neerlandeses a optarem pela constante variação dos flancos em posse.

Foi assim que chegaram à vantagem por Tadic, aos 18'. No segundo remate do Ajax, o internacional sérvio fez mossa. Odysseas tentou colocar a bola em Grimaldo, junto ao banco de suplentes dos encarnados, o lateral-esquerdo recebeu de forma defeituosa, perdeu a bola e os forasteiros avançaram para a baliza do Benfica. Mazraoui cruzou para o segundo poste e o capitão do Ajax de pé direito fez o 0-1.

O Benfica reagiu com uma transição de Everton, aos 23', arrancando um amarelo a Mazraoui, e por Rafa, aos 25'. O camisola 27 das águias furou pela direita, passou em velocidade por Martínez e cruzou, com a bola a desviar num pé de um defensor contrário. Valeu Pasveer ao Ajax: com uma palmada em cima da linha de golo, o guarda-redes sacudiu para canto.

Benfica-Ajax 1.ª mão oitavos final Champions

Na sequência do mesmo surgiu o golo da igualdade. Canto batido, Vertonghen insistiu no lance após ter disparado contra Rafa e, no cruzamento tenso, levou a bola a embater em Haller e a caminhar para o fundo das redes neerlandesas (1-1).

Numa fase em que o jogo era de parada e resposta, aos 29', Haller marcou o 11.º golo na competição. Cruzamento tenso de Martínez na esquerda, Vertonghen desviou de raspão, com a caneleira, para a sua baliza, Odysseas defendeu para a frente e o costa-marfinense, de baliza aberta, encostou com sucesso (1-2).

Tirando um cruzamento perigoso de Darwin, aos 35', para as mãos de Pasveer, e com o Benfica a procurar o jogo direto, foi o Ajax a equipa mais ameaçadora até ao intervalo. Mazraoui, aos 40', disparou à figura de Odysseas, e Álvarez, aos 44', a passe de Antony, rematou ao poste, sobrando a bola para Haller, que, sem oposição, atirou ao lado. Aos 45'+2' foi Antony, de novo, a colocar a bola nas mãos do camisola 99 do Benfica.

Benfica-Ajax 1.ª mão oitavos final Champions

Filme do jogo

Ver mais ›

O início da segunda parte foi atribulado, com algumas faltas e despiques individuais entre os atletas a falarem mais alto, mas o Benfica, numa exibição em crescendo, mostrou a raça e a ambição de que é feita a sua história.

Os comandados de Nélson Veríssimo subiram linhas, e as unidades mais ofensivas começaram a soltar-se e a colocar a sua velocidade no jogo. Aos 55', excelente combinação entre Grimaldo e Everton, com o brasileiro a rematar forte, com a bola, desviada por um defensor contrário, a passar junto do poste direito.

Benfica-Ajax 1.ª mão oitavos final Champions

Aos 60' uma grande arrancada de Rafa pela direita até à área neerlandesa. O internacional português procurou assistir Darwin no coração da área, mas o camisola 9 chegou ligeiramente atrasado para a emenda. O mesmo Darwin, aos 61', rematou forte ao lado.

Cheirava a golo do Benfica na Luz e Nélson Veríssimo lançou Yaremchuk no jogo. Darwin descaiu para o lado esquerdo e Everton sentou-se no banco de suplentes. Um minuto depois, aos 63', Mazraoui teve no pé direito o terceiro golo, mas Odysseas deu o corpo à bola e sacudiu-a para fora.

Benfica-Ajax 1.ª mão oitavos final Champions

A partir daí a Luz, com 54 760 espectadores nas bancadas, entrou em erupção à medida que os jogadores do Benfica subiram os níveis de agressividade, capacidade de luta e entrega a cada lance. Gonçalo Ramos, aos 66', viu Mazraoui tirar-lhe a possibilidade de empatar, tendo, aos 67', sido travado na grande área por Álvarez, mas o juiz Slavko Vincic, perante a consulta do VAR Marco Fritz, não assinalou a infração, considerando que o toque não foi merecedor da marcação de grande penalidade.

Gonçalo Ramos, inconformado, voltou a ameaçar aos 69', com o tiro a sair por cima. No minuto seguinte foi Timber a evitar o golo de Yaremchuk, depois de o seu guarda-redes ter sido batido!

Benfica-Ajax 1.ª mão oitavos final Champions

Mas o ucraniano, aos 72', deu alguma justiça ao marcador, ao igualar o encontro. Nova arrancada dos atacantes do Benfica, e a bola chegou a Gonçalo Ramos. Este, com um remate forte de pé esquerdo, obrigou Pasveer a uma defesa apertada, e Yaremchuk, na recarga, de cabeça, fez o 2-2.

O Benfica continuou por cima até aos 80 minutos. A partir daí, o ritmo do encontro baixou, Haller, aos 80', rematou por cima, Antony, aos 84', obrigou Odysseas a encaixar a bola. Nos minutos finais, após o esforço coletivo dos encarnados, Taarabt, esgotado, deu lugar a Paulo Bernardo, aos 85', assim como Gilberto e Darwin foram substituídos por Valentino e Diogo Gonçalves. Até final viu-se apenas mais um lance de relativo perigo, com Antony a rematar de longe, aos 90'+2', para intervenção atenta de Odysseas.

Benfica-Ajax

A 15 de março, às 20h00, o Benfica decidirá o desfecho da eliminatória em Amesterdão, nos Países Baixos, após ter sido a primeira equipa a travar o Ajax na Liga dos Campeões da presente temporada. Segue-se o encontro da 24.ª jornada da Liga Bwin no próximo domingo, 27 de fevereiro, às 18h00, no Estádio da Luz, frente ao Vitória de Guimarães.

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 24 de fevereiro de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar