Futebol

23 abril 2022, 20h50

Weigl

"Não ganhar os três pontos em casa frente ao Famalicão não é suficiente", assumiu Julian Weigl, médio do Benfica, na análise ao jogo da 31.ª jornada da Liga Bwin, lamentando o desperdício da equipa na finalização.

"Eles defenderam muito bem, mas mesmo assim fizemos 17 remates, ou até mais, e  isso tem de bastar para marcar golos. Defensivamente não lhes demos hipóteses, mas é devastador, para nós, não conseguirmos os três pontos. Queríamos continuar a ganhar, estamos desapontados", afirmou Weigl, à BTV. "Estavam muitos adeptos no Estádio, queríamos oferecer-lhes a vitória. Não estamos satisfeitos. Demos tudo, lutámos até ao último minuto, mas não marcámos um golo, por isso estamos insatisfeitos", completou o médio.

Ao minuto 81, o árbitro António Nobre não assinalou um penálti a favor do Benfica, num lance em que Alex Nascimento tocou na bola com o braço direito, na pequena área, quando Otamendi tentava marcar golo.

"Eu não vi muito bem o lance, mas os meus companheiros disseram-me que foi uma situação clara de braço na bola! Nestas situações, não percebo por que motivo os árbitros não vão ver as imagens, porque assim podem decidir, têm tempo para isso. Devia ter ido ver. Mesmo assim, tivemos chances e não marcámos. Este resultado magoa-nos", comentou Julian Weigl.

Texto: João Sanches
Fotos: João Paulo Trindade e Tânia Paulo / SL Benfica
Última atualização: 23 de abril de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar