Futebol

09 agosto 2022, 22h11

Jogadores do Benfica festejam o grande golo de Diogo Gonçalves

O Benfica garantiu nesta terça-feira, 9 de agosto, um lugar no play-off da Liga dos Campeões. Venceu, na Dinamarca, o Midtjylland por 1-3, em jogo da 2.ª mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Os encarnados vão agora ter pela frente o Dínamo Kiev nos dias 17 (na Polónia) e 23 de agosto (20h00, no Estádio da Luz).

Na ausência de Neres, Roger Schmidt chamou Chiquinho para iniciar o jogo. No Estádio Randers começaram: Odysseas, Gilberto, Otamendi, Morato, Grimaldo, Florentino, Enzo, João Mário, Chiquinho, Rafa e Gonçalo Ramos.

Igual a si próprio, e com vantagem de 4-1 na eliminatória, o Benfica tentou ter o controlo do jogo logo na etapa inicial. Os dinamarqueses do Midtjylland procuraram contrariar a iniciativa dos benfiquistas e foram os primeiros a rematar à baliza. Aos 14' Evander rematou para defesa fácil de Odysseas.

Midtjylland-Benfica

A primeira grande ocasião do primeiro tempo apareceu aos 18'. Grimaldo, pelo lado esquerdo, cruzou para dentro da grande área onde apareceu Gonçalo Ramos. Importunado por um defesa adversário, o avançado do Benfica cabeceou ao lado.

A equipa da casa, a espaços, levou a bola para perto da baliza do Benfica, e quer de lançamentos longos de linha lateral, quer de canto deu trabalho aos benfiquistas. Aos 21' Juninho cabeceou por cima da baliza de Odysseas, sem perigo.

Os jogadores treinados por Roger Schmidt tinham o controlo do jogo, apesar de nem sempre terem a posse de bola. Quando aceleravam um pouco mais criavam perigo. Aos 22' Enzo tentou, em jeito, marcar golo, de fora da área, após passe de Gonçalo Ramos.

Não deu à primeira, deu à segunda. No minuto seguinte, Gonçalo Ramos, após boa jogada de envolvimento do ataque encarnado, recebeu de João Mário e cruzou do lado esquerdo para dentro da área, onde, solto e em posição frontal, apareceu Enzo, que não perdoou e fez o 0-1, no Estádio Randers. Terceiro golo do ex-River Plate em três jogos oficiais com a camisola do Benfica.

Midtjylland-Benfica

Enzo celebrou mais um golo com a camisola do Benfica: tem três marcados em três jogos oficiais

Assistiu-se ao melhor Benfica no primeiro tempo, com bons momentos de futebol, mas sem o sal do jogo, o golo.

Ao melhor período dos encarnados sucedeu-se o melhor período do adversário. Aos 36' Evander rematou com muito perigo para bela defesa de Odysseas. O mesmo jogador, aos 41', ameaçou o empate, mas o remate saiu ao lado. 0-1, ao intervalo, mais golos viriam no segundo tempo.

Filme do jogo

Ver mais

Para a segunda parte, Roger Schmidt fez duas alterações: retirou Gonçalo Ramos e Rafa (ambos viram cartão amarelo na etapa inicial) e colocou em campo Yaremchuk e Henrique Araújo. Do lado dos dinamarqueses, o treinador Henrik Jensen lançou Sorensen no lugar de Evander.

Na primeira oportunidade do segundo tempo, o Benfica voltou a marcar. Aos 56', pontapé de canto curto marcado por João Mário para Chiquinho, que devolveu ao companheiro; João Mário cruzou e Henrique Araújo apareceu a cabecear certeiro para dentro da baliza do guarda-redes Olafsson. Primeiro golo do jovem benfiquista nesta temporada.

Henrique Araújo

O Benfica não estava satisfeito com 0-2 e foi à procura de mais golos. Yaremchuk, aos 59', rematou fraco, para as mãos do guardião da equipa dinamarquesa.

Contudo, foram os dinamarqueses que reduziram a desvantagem aos 63'. Sisto, após um cabeceamento à barra de Kaba, rematou sem hipótese para Odysseas.

Aos 69' novas alterações no Midtjylland com as saídas de Kaba e Dreyer para as entradas de Brumado e Isaksen.

Com o golo sofrido, os encarnados voltaram a subir as linhas e a controlar o jogo. Aos 73' o Benfica voltou a levar perigo à baliza dos dinamarqueses e foi por centímetros que Yaremchuk não chegou a cruzamento de Gilberto.

O lateral-direito foi substituído minutos depois (75'). Roger Schmidt colocou Bah no lugar do brasileiro e Diogo Gonçalves no lugar de Chiquinho (79'). Do lado do Midtjylland também houve substituição. Saiu o autor do golo dos dinamarqueses Sisto e entrou Chilufya.

Os dois jogadores do Benfica recém-entrados, com a ajuda de Henrique Araújo, estiveram em destaque logo a seguir (79'), com Bah a rematar na grande área por cima da baliza adversária.

Mas o momento alto da tarde/noite foi para Diogo Gonçalves aos 88'. Solto na esquerda, fora da área, o camisola 17 fletiu para dentro e rematou colocado para golo. Um momento fabuloso do jovem formado no Benfica Campus, que colocou o resultado em 1-3. Três golos do Benfica na Dinamarca com o carimbo Benfica Campus. 

Diogo Gonçalves

Os três golos da vitória na Dinamarca tiveram o carimbo do Benfica Campus: Diogo Gonçalves e Henrique Araújo marcaram, Gonçalo Ramos assistiu no primeiro

Até final, e já com Moreira Jr. em campo (entrou para o lugar de João Mário), ainda houve tempo para o Midtjylland marcar um golo, invalidado por fora de jogo de Chilufya.

1-3 para o Benfica (2-7 no total das duas mãos), que carimbou o passaporte para o play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, onde defronta o Dínamo Kiev no dia 17 de agosto na Polónia. A 2.ª mão acontece  no Estádio da Luz às 20h00 do dia 23 deste mês.

Fechado este objetivo, a equipa treinada por Roger Schmidt concentra as atenções na Liga Bwin. Neste sábado, 13 de agosto, há novo jogo, também fora de casa, no Estádio Dr. Magalhães Pessoa, com o Casa Pia, às 18h00, na 2.ª jornada da Liga Bwin.

Texto: Redação
Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica
Última atualização: 9 de agosto de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar