Futebol

28 julho 2018, 10h46

Rafael Pereira e Rúben Dias

Os dias do plantel do Benfica nos Estados Unidos preencheram-se com trabalho intenso, porque há uma época muito exigente pela frente, mas também houve momentos especiais fora do campo como o do reencontro de Rúben Dias com Rafael Pereira, seu antigo companheiro na formação do Clube.

Rafael Pereira foi jogador do Benfica dos 7 aos 11 anos e atualmente é guarda-redes na equipa universitária Rutgers Scarlet Knights. Quando soube que as águias iam estagiar no Centro de Treinos da Universidade de Rutgers, em Nova Jérsia, o atleta de 21 anos decidiu que tinha de estar presente para apoiar o Benfica e rever o amigo.

"Quando o meu treinador me disse que o Benfica ia estagiar aqui, resolvi que tinha de vir cá dar um abraço ao Rúben. Mantenho contacto com ele e foi muito bom vê-lo. Está grande, está feito um jogador", comentou Rafael Pereira em declarações exclusivas.

O guardião saiu do Clube quando jogava nos Iniciados, mas o que apreendeu naquele período de cinco temporadas é um guião para toda a vida.

"Tenho muito boas memórias desse tempo, com pessoas incríveis e treinadores incríveis. O Benfica formou-me como jogador e como pessoa, porque muitos dos princípios que tenho vêm desse tempo: a garra, a atitude, o espírito competitivo, a intensidade nos treinos. Tudo isso vem de uma base que foi ganha nos tempos em que estava no Benfica", revelou Rafael Pereira.

"Em termos de memórias, recordo-me dos torneios, dos hotéis, de jogadores como o Rúben Dias, o João Carvalho e o Renato Sanches, entre muitos outros que agora estão num nível profissional. Tenho orgulho de vê-los triunfar", acrescentou o guarda-redes.

De forma resumida, Rafael Pereira explicou como aconteceu a mudança de Portugal para os Estados Unidos. "Foi um interesse que surgiu através dos meus pais. Explicaram-me como era a estrutura e o Campeonato Universitário juntamente com a vertente académica. A partir daí explorámos opções e fizemos um vídeo com os meus melhores momentos para enviar para os treinadores. Foi um trabalho familiar, feito em casa", contou o atleta, que tenciona desenvolver-se profissionalmente no país norte-americano, embora mantenha todas as opções em aberto.

Neste sábado, Rafael Pereira vai ser mais um apoiante das águias nas bancadas da Red Bull Arena, onde o Benfica enfrenta a Juventus às 13h05 locais (18h05 em Portugal continental) no segundo e último jogo de preparação da equipa nos Estados Unidos, depois da vitória sobre o Dortmund, também inserido na International Champions Cup.

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar