20 de agosto de 2018, 19h42

Razvan Lucescu: "O Benfica é muito forte, mas queremos qualificar-nos"

Futebol

Treinador do PAOK assegura que a sua equipa está pronta para "lutar em todos os momentos do jogo" na Luz, em nome de um "grande sonho".

O PAOK tem "um grande sonho": aceder pela primeira vez à fase de grupos da Liga dos Campeões. Razvan Lucescu, o treinador, na antevisão da primeira mão do play-off da Liga dos Campeões, afirmou que a equipa grega pretende "jogar para ganhar" no Estádio da Luz, "respeitando sempre" o Benfica.

"Vamos enfrentar uma equipa muito forte. Estamos muito bem. Gostei muito de analisar o Benfica, mas temos um estilo de jogo, uma mentalidade que cresceu jogo a jogo. Estamos aqui com confiança para jogar. Vai ser duro, mas vamos entrar no campo para ganhar. O nosso objetivo é vencer", declarou o técnico em conferência de Imprensa na Luz.

A respeito de favoritismos, Razvan Lucescu foi perentório: "Não gosto de discutir percentagens ou dizer que esta ou aquela equipa é favorita. O Benfica é uma equipa muito forte, mas nós queremos qualificar-nos. Temos um adversário muito forte pela frente, mas sabíamos que o calendário iria ser difícil e preparámo-nos para concretizar o nosso grande sonho. Respeitamos o nosso adversário, mas estamos aqui para ganhar o jogo."

lucescu-ci-paok-2-new_thumbnail

"Há momentos na vida em que nos transcendemos para alcançar objetivos importantes. Estamos preparados para isso. Estamos muito confiantes, porque fundamentalmente confiamos no nosso trabalho e na nossa mentalidade. Estamos prontos para lutar em todos os momentos do jogo, quando tivermos bola e quando não tivermos", explicitou o treinador romeno de 49 anos.

Lucescu foi questionado sobre os aspetos que mais o preocupam na forma de jogar do Benfica. Na resposta, salientou a capacidade global das águias nos três corredores, com e sem bola. "O Benfica tem jogadores com muita qualidade. Gostam de jogar futebol, têm movimentos muito fortes no ataque. Também são bons quando perdem a bola: pretendem recuperá-la rapidamente porque gostam de tê-la. Estas são algumas das principais qualidades do nosso adversário, mas temos um estilo de jogo que pode pressioná-los", revelou.

"Há duas equipas que querem ganhar. A um nível alto como este, a concentração é essencial. Jogos como este são feitos desses detalhes", juntou Razvan Lucescu.

Conferência de Imprensa no Estádio da Luz

Fernando Varela: "Vão jogar com a força dos seus adeptos"

Defesa-central experiente e com conhecimento do futebol português (representou Estoril e Feirense, entre outros emblemas), Fernando Varela esteve ao lado do treinador Razvan Lucescu na antevisão do duelo com as águias.

"Sabemos que o Benfica é uma equipa poderosa, com jogadores de qualidade mundial, mas na Champions League é 50/50. O nosso adversário pode ter um ligeiro ascendente na primeira mão, por jogar em casa, mas nós temos força e qualidade para alcançar o principal objetivo", sublinhou o camisola 5 do PAOK.

Fernando Varela discorreu sobre alguns dos pontos fortes do Benfica, como por exemplo "a pressão que faz sobre a equipa adversária para conquistar a bola". "Têm bons jogadores na frente: Gedson, Pizzi, Ferreyra... Todos os jogadores são muito bons", disse o defesa.

"Sabemos também que o Benfica é forte em casa, com os seus adeptos a puxar. Temos de contrariar isso, fazer o nosso jogo e procurar vencer. O Benfica é uma equipa de top na Europa. Temos de nos focar no trabalho que nos fez chegar aqui, jogar melhor do que eles e procurar aproveitar os erros para vencer ou conseguir um bom resultado para o encontro da segunda mão", adicionou Fernando Varela.

Que PAOK vai jogar na Luz? À defesa ou ao ataque? "Vamos jogar para ganhar. Não vimos para ficar atrás, essa não é a nossa forma de atuar. O Benfica joga em casa, tem a força dos seus adeptos e está habituado a jogar na Champions. Vai ser um prazer defrontar o Benfica", reagiu o jogador.

Treino PAOK

Pai Lucescu no treino do filho

Após a conferência de Imprensa, os 21 jogadores convocados por Razvan Lucescu fizeram um treino no relvado do Estádio da Luz, para reconhecimento do palco da primeira mão do play-off da Liga dos Campeões.

Apenas os primeiros 15 minutos do ensaio foram abertos à Comunicação Social, mas nas bancadas da Catedral esteve um espectador a tempo inteiro: Mircea Lucescu, o conceituado treinador (orienta atualmente a seleção da Turquia) que é pai do técnico do vice-campeão grego.

Texto: João Sanches

Fotos: Isabel Cutileiro / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar