13 de dezembro de 2018, 00h04

Mudança de palco pelo melhor pé

Futebol

Uma execução imparável de Grimaldo, num livre direto, conduziu o Benfica a um merecido triunfo sobre o AEK no fecho da fase de grupos na Champions. Seguem-se, em fevereiro, os 16 avos da Liga Europa.

O Benfica terminou a fase de grupos da Liga dos Campeões com uma vitória sobre o AEK (1-0) no Estádio da Luz e, com sete pontos averbados, foi um dos quatro melhores terceiros classificados, facto que o coloca como cabeça de série no sorteio dos 16 avos de final da Liga Europa, que se jogam em fevereiro.

RESUMO DO JOGO

Os dados estatísticos do primeiro tempo comprovavam a superioridade do Benfica neste período do desafio. As águias distanciaram-se essencialmente na posse de bola (60%) e no número de remates (seis, cinco dos quais para fora). No entanto, nos últimos metros do terreno de jogo faltou alguma substância e incisividade ao futebol produzido pelos encarnados nesta etapa, perante um adversário que teve a preocupação de povoar a zona defensiva. Aos 29', quando tentava romper pela esquerda da área, João Félix foi derrubado, mas o escocês Bobby Madden não considerou penálti.

A equipa benfiquista, que começou o desafio com sete portugueses no onze (quatro dos quais da formação – Rúben Dias, Alfa Semedo, Gedson e João Félix, uma estreia a titular na Champions), perdeu Rafa depois da meia hora de jogo. O camisola 27 do Benfica foi rendido por Zivkovic (35’).

Benfica-AEK

O internacional sérvio entrou bem no encontro e, aos 40’, desenhou um vistoso lance na direita, seguido de cruzamento para a área, à procura da conclusão de João Félix pelo ar, mas um defensor antecipou-se no limite e impediu a finalização. A fechar o primeiro tempo, Seferovic tentou visar as redes numa ação rápida fora da área após passe desastrado de um contrário, mas o tiro passou ao lado da baliza.

O Benfica regressou do descanso com a intenção de aumentar a velocidade da circulação de bola e de incutir outra dinâmica às movimentações ofensivas, querendo ser mais efetivo na ligação dos lances. Aos 48', Rúben Dias foi puxado por Oikonomou no interior da grande área do AEK num canto cobrado à esquerda, mas o árbitro não sancionou o pontapé de penálti.

Cervi entrou em campo aos 59’ (saiu Pizzi) e, depois de uma ameaça do AEK (cabeceamento de Cosic aos 63’), foi do pé esquerdo do internacional argentino que nasceu uma excelente ocasião para o Benfica faturar: depois do cruzamento arrancado do lado esquerdo do ataque, Seferovic rematou de primeira, com o pé canhoto, na área, mas o guarda-redes Barkas estava desperto e defendeu (64’).

Benfica-AEK

Os encarnados acentuaram a pressão, de forma progressiva, e aos 71’ Seferovic cabeceou à barra, no aproveitamento de um centro de Zivkovic sobre o corredor esquerdo.

Rui Vitória acrescentou Castillo ao jogo e juntou-o a Seferovic no ataque aos 77’ (saiu João Félix) com o propósito de apertar o cerco e de materializar o desejado triunfo. Aos 80’ houve quadro de golo na Luz: Seferovic, com um toque preciso, abriu um buraco para a desmarcação de Gedson nas costas da defesa do AEK, mas o jovem médio, perante o guardião Barkas, não foi frio na conclusão e enjeitou a chance.

Aos 87’, Gedson abafou um adversário, acelerou para a área dos gregos e foi derrubado por Galanopoulos, que já tinha um cartão amarelo e, vendo o segundo, foi expulso por acumulação.

Benfica-AEK

[Golo: 1-0] O livre direto estava ao jeito de um esquerdino e Grimaldo posicionou-se para a execução. Com um pontapé indefensável, o lateral-esquerdo lançou as águias para a frente do marcador (88’).

Em cima do minuto 90, Seferovic voltou a acertar na barra… e no poste num só remate, gorando-se, com tamanho azar, a possibilidade de o Benfica terminar a fase de grupos da Liga dos Campeões com uma vitória mais ampla, como fez por merecer. Contabilizando-se todas as frentes, os encarnados alongaram para quatro o número de triunfos consecutivos.

DIAS SEM IVA BENFICA

Texto: João Sanches

Fotos: Isabel Cutileiro e João Paulo Trindade / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar