Futebol

23 outubro 2018, 23h14

Pizzi

No final da partida com o Ajax (1-0), Pizzi considerou que as duas equipas protagonizaram um grande jogo de futebol, com emoção e muita competitividade. Lamentou o tento sofrido ao cair do pano, recusa atirar a toalha ao chão e só pensa em vencer os holandeses em Lisboa.

“Acho que foi um grande jogo, muito competitivo. Pela frente tínhamos uma equipa que gosta de ter a bola, que tem jogadores bons, tecnicamente. Acho que a nossa equipa se bateu bem desde o primeiro momento, tivemos várias oportunidades para fazer o 0-1. Infelizmente, não o conseguimos e agora fica um sabor amargo pelo golo sofrido no final. Lutámos e trabalhámos muito”, analisou.

Entrámos concentrados, sabíamos o que queríamos. Estivemos muito coesos ofensiva e defensivamente e muito fortes. Foi uma pena este golo na parte final, porque não merecíamos por tudo o que fizemos. Ainda temos três jogos pela frente, queremos ganhar e vamos fazer tudo para isso. Demonstrámos personalidade e confiança”, acrescentou o camisola 21.

Na 4.ª jornada do Grupo E é a vez de o Ajax viajar até ao Estádio da Luz. A jogar em casa, e com os adeptos ao lado do Benfica, os três pontos têm de ficar na Catedral.

“Para a Liga dos Campeões não há jogos fáceis, como se tem visto. Vamos ter pela frente, uma vez mais, o Ajax e o que nós queremos é claramente ganhar para marcar uma posição. Saímos daqui com um resultado que, na minha opinião, é injusto, mas no próximo jogo em casa, frente aos nossos adeptos, iremos fazer tudo para conquistar uma vitória e relançar as contas do grupo”, assegurou Pizzi.

Texto: Marco Rebelo

Fotos: João Paulo Trindade / SL Benfica

Última atualização: 7 de fevereiro de 2019

Patrocinadores principais do Futebol


Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar