17 de fevereiro de 2020, 18h59

🎥 Águia voou mais alto em dérbi pintado de vermelho

Futebol

O Benfica venceu o Sporting na 1.ª jornada da 2.ª fase do Campeonato Nacional de Juniores.

RESUMO DO JOGO

A equipa de Juniores do Benfica triunfou nesta tarde de segunda-feira diante do Sporting por 2-1, em jogo da 1.ª jornada da 2.ª fase (apuramento de campeão) do Campeonato Nacional. Henrique Araújo e Gerson Sousa fizeram os golos das águias.

Bem posicionados em campo, os encarnados iam travando as investidas leoninas desde a sua primeira fase de construção. E aos 10' surgiu o primeiro lance de possível finalização dos encarnados. Gerson Sousa tricotou pelo meio, avançou alguns metros e esperou pela desmarcação de Gonçalo Ramos. O camisola 8 movimentou-se no momento certo, recebeu o passe e atirou à baliza, porém, o juiz da partida invalidou o lance por alegado fora de jogo.

Fase do desafio mais física e menos vistosa. Muitas faltas assinaladas e muito jogo disputado na zona nevrálgica do terreno. Os leões poderiam ter sido os primeiros a fazer mexer o marcador, depois de terem à sua disposição um livre direto perto da área encarnada. A jogar a favor do vento na primeira parte, Bruno Tavares tentou causar mossa na baliza defendida por Samuel Soares, contudo, o remate não saiu nas melhores condições e o esférico passou bastante por cima da barra.

Aos 33' Daniel Rodrigues atirou ao poste da baliza encarnada. Um alívio mal efetuado por Rafael Brito possibilitou a oportunidade flagrante para o Sporting. A resposta encarnada apareceu um minuto depois. Paulo Bernardo trabalhou bem à entrada da área e disparou forte para uma excelente defesa de Diogo Almeida.

GOLO: 1-0

O golo não foi aos 34', foi aos 35'! Na sequência de um livre cobrado por Filipe Cruz, Gonçalo Ramos ganhou nas alturas e a bola sobrou para o cabeceamento certeiro de Henrique Araújo (1-0).

GOLO: 2-0

As águias continuaram a pressionar e o segundo golo aconteceu aos 40'. Henrique Pereira trabalhou bem sobre o flanco esquerdo, subiu até à linha de fundo e centrou para a pequena área. Gerson Sousa, atento ao lance, apareceu isolado e, no sítio certo, encostou para o fundo da baliza (2-0).

Até ao final da primeira parte não se registaram mais oportunidades de perigo junto das balizas e as equipas recolheram aos balneários do Benfica Campus. Ao intervalo: 2-0.

RESUMO DA 1.ª PARTE

Entrada forte das águias na segunda parte do encontro. Algumas investidas pelas alas podiam ter tido um desfecho diferente, não fosse a ineficácia na altura da finalização. Aos 52' Filipe Cruz esteve muito perto do terceiro. Uma boa incursão do lateral-direito na área culminou num remate rasteiro. O esférico acabou por passar a escassos centímetros da baliza à guarda de Diogo Almeida.

Benfica-Sporting

Aos 61' Luís Araújo decidiu efetuar a primeira substituição. Diogo Nascimento entrou para o lugar de Paulo Bernardo, que apresentou algumas queixas depois de um lance com um jogador leonino. Dois minutos depois (63'), a sociedade dos Henriques (Pereira e Araújo) poderia ter gerado frutos, não fosse Diogo Almeida a aplicar-se e a defender o remate do camisola 9 benfiquista. Henrique Pereira acelerou, deixou para trás os oponentes e cruzou para o interior da área. Henrique Araújo esperou o momento certo para desferir o remate, mas na hora do tiro surgiu o guardião verde e branco para afastar o perigo.

Aos 74' o treinador do Benfica efetuou três alterações. Refrescou as alas, com as entradas de Jeremy Sarmiento e Tiago Gouveia para os lugares de Henrique Pereira e Gerson Sousa, e trocou de guarda-redes, isto porque Samuel Soares se lesionou quando se atirou ao relvado para travar uma jogada de potencial perigo do Sporting. Para o seu lugar entrou Pedro Souza.

A superioridade encarnada foi notória do início ao fim, e os últimos dez minutos do desafio não foram exceção. Nota ainda para a entrada de Francisco Saldanha aos 90', por troca com Henrique Araújo (muito aplaudido pelos adeptos benfiquistas no momento da saída).

GOLO: 2-1

As águias foram gerindo as operações, contudo, o Sporting ainda reduziu ao cair do pano (90'+6'). Tiago Ferreira apareceu nas costas da defesa do Benfica, respondeu muito bem ao cruzamento do colega de equipa e atirou de primeira para o fundo da baliza (2-1).

Domínio claro, futebol atrativo e sempre apoiado pelo constante apoio vindo das bancadas do Campo n.º 1 do Benfica Campus. A águia voou mais alto e controlou um dérbi que foi pintado de vermelho. Resultado final: 2-1.

No desafio da próxima jornada (2.ª), que se vai disputar no dia 22 de fevereiro às 21h00, o Benfica defronta, fora de portas, o conjunto do FC Alverca.

DECLARAÇÕES

Luís Araújo (treinador do Benfica): "Duas grandes equipas, mas hoje o Benfica foi melhor. Uma primeira parte mesmo muito boa. Chegámos à vantagem porque fomos muito fortes na pressão. O Sporting não conseguiu desenvencilhar-se da nossa pressão, e quando tivemos a bola, tivemos critério e chegámos aos dois golos com alguma naturalidade."

Filipe Cruz (capitão e lateral-direito do Benfica): "Começámos esta fase final como queríamos, com uma vitória. Uma vitória suada, que sai do corpo como se diz na gíria do futebol. Fomos superiores no primeiro e no segundo tempo, e o golo sofrido não apaga esta nossa grande exibição."

Benfica-Sporting, 2-1

FICHA  
Local Campo n.º 1 do Benfica Campus
Onze do Benfica Samuel Soares, Filipe Cruz, Tomás Araújo, Adrian Bajrami, Rafael Rodrigues, Rafael Brito, Paulo Bernardo, Gonçalo Ramos, Gerson Sousa, Henrique Pereira e Henrique Araújo
Suplentes Pedro Souza, Renato Matos, Alexandre Penetra, Francisco Saldanha, Diogo Nascimento, Jeremy Sarmiento e Tiago Gouveia
Ao intervalo 2-0
Marcadores do Benfica Henrique Araújo (35') e Gerson Sousa (40')
Marcha do marcador 1-0, 2-0 e 2-1

Texto: Diogo Nascimento

Fotos: David Martins / SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar