25 de março de 2020, 14h06

Fernando Tavares: "Felicitamos a decisão de adiamento dos Jogos Olímpicos"

Clube

Para o vice-presidente do SL Benfica, o "momento de dificuldade" que se vive devido à pandemia de COVID-19 "é também uma aprendizagem".

DECLARAÇÕES

Conhecida a decisão oficial do Comité Olímpico Internacional (COI) de adiamento dos Jogos Olímpicos de 2020 para 2021 devido à COVID-19, o vice-presidente do Sport Lisboa e Benfica Fernando Tavares expôs o ponto de vista do Clube em declarações, por telefone, à BTV.

A oficialização aconteceu ao início da tarde de terça-feira. Que comentário lhe merece o adiamento dos Jogos Olímpicos?

O Benfica congratula a decisão tomada pelo COI. Creio que peca por tardia, era uma inevitabilidade, porque não havia condições para os Jogos serem realizados. Havia a pressão de muitos países que já se estavam a recusar a ir a Tóquio, e muitos comités olímpicos locais tinham feito exposições ao Comité Olímpico Internacional. Trata-se de uma solução natural, tendo em consideração o contexto em que vivemos, a impossibilidade de muitos dos atletas pelo mundo fora não conseguirem fazer o seu treino e o facto de muitas das provas terem sido adiadas, impossibilitando o apuramento aos atletas que ainda não estavam qualificados.

Os atletas do Benfica também felicitam esta decisão?

Sem dúvida. Estamos a desenvolver planos de treino para os atletas que estavam a trabalhar em casa, mas com grandes restrições. Os atletas congratulam esta decisão, principalmente aqueles que estavam receosos com a sua participação nos Jogos porque ainda não tinham obtido classificação. O que vai acontecer agora é um período de paragem e segurança, e tudo recomeçará do ponto de vista da qualificação para os Jogos a partir do próximo mês de janeiro, fevereiro.

Nas adversidades há, igualmente, oportunidades. Isto vai dar ainda mais força ao Projeto Olímpico do Benfica?

Todos vamos ter um grande desafio. Temos de parar e pensar em novas soluções e opções, mas penso que isto acaba por ser também uma aprendizagem, e vamos esperar que todos, coletivamente, possamos ultrapassar este momento de dificuldade. Um dos desafios que se coloca do ponto de vista dos atletas olímpicos e do futebol feminino, que também é da minha responsabilidade, é o combate ao isolamento. Temos procurado desenvolver, com as equipas técnicas e staff do Benfica, estratégias diferenciadas através de videochamadas e de vídeos que os atletas fazem sobre o trabalho diário. Há que ter um cuidado muito grande para que os atletas não percam o seu equilíbrio emocional e possam manter as suas capacidades físicas. Felizmente, não temos nenhum caso positivo no Benfica, o que espelha que os atletas têm levado com muita seriedade todas as recomendações da Direção-Geral de Saúde. O Benfica está a apoiá-los e estamos todos conectados. Vamos conseguir estar preparados quando as competições voltarem.

Texto: Márcia Dores

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar