31 de julho de 2020, 09h55

Uma viagem pela Casa Benfica Torres Novas

Casas Benfica

Com 23 anos de vida, a Casa conta com 600 sócios.

REPORTAGEM BTV

O programa da BTV "Pelas Casas do Benfica" foi, nesta semana, até Torres Novas para conhecer os (en)cantos da Casa número 51 do Clube.

Erguida há 23 anos, a Casa Benfica Torres Novas conta atualmente com 600 sócios. Presidida por Augusto Oliveira (na foto abaixo), é um espaço que preza pelo bem receber, o convívio, a boa comida e ainda se destaca na modalidade de pesca desportiva de água doce.

Casa do Benfica Torres Novas

Agora com 70 anos, Augusto Oliveira ambiciona uma direção mais jovem e uma Casa mais moderna.

"A Casa foi-se erguendo com muito sacrifício de todos e só tenho a agradecer a todos os Benfiquistas que deram força a esta Casa. A minha maior ambição após 23 anos de presidência era conseguir trazer pessoal mais jovem, inclusive na Direção, adorava ver os jovens a dirigir esta Casa. Estamos em conversações com o nosso Clube para darmos uma imagem um pouco diferente à Casa do Benfica de Torres Novas", contou Augusto Oliveira.

Casa do Benfica Torres Novas

Na parte do bar e da restauraçãoRita Ramos é "a treinadora principal". Um espaço que serve refeições variadas, desde a comida caseira e tradicional portuguesa aos petiscos ao final do dia. "Por norma a nossa sala está sempre cheia, todos gostam muito do Benfica e da nossa comida. Aqui, vivemos um ambiente familiar e muito entusiasta", afirmou Rita Ramos (na foto acima).

Casa do Benfica Torres Novas

A pandemia causada pela COVID-19 obrigou ao fecho da Casa do Benfica durante alguns meses, o impacto foi grande, mas, após a sua reabertura, os Benfiquistas voltaram a ser presença assídua.

"Há uma equipa muito importante que cuida do Benfica em Torres Novas, com especial relevo para o nosso presidente, que faz com que queiramos vir cá. O Benfica é o Benfica. É aquilo que nos une a todos. É aquilo que desde pequeninos nos habituámos a ser. Nós não estamos no Benfica, nós somos Benfica e isso é importante", referiu uma adepta que é presença habitual na Casa.

Casa Benfica Torres Novas

A pesca desportiva é a modalidade pela qual a Casa Benfica Torres Novas se destaca. "É um orgulho representar a Casa e o Benfica. Esta secção iniciou-se em janeiro de 2012. Nós gostamos de pesca, juntámo-nos e, como Benfiquistas que somos, viemos à Casa iniciar esta modalidade. É um desporto que requer muita paciência, calma, concentração e principalmente gosto", disse Jorge Moreira, atleta da Casa de Torres Novas.

A vertente social também não é esquecida pela Casa nem pelo presidente. Ajudam pessoas mais necessitadas com refeições, e anualmente há três recolhas de sangue em colaboração com o Instituto Nacional de Sangue. "O Benfica não é só a parte desportiva. O Benfica é tudo isto e, em tudo o que pudermos ajudar, estamos cá", salientou Augusto Oliveira.

Casa Benfica Torres Novas

"Venham ver o ambiente desta Casa. A existência deste elemento traz até nós os que gostam do Benfica e de convívio. Tudo isto traz muito de positivo à cidade", enfatizou o presidente da Junta de freguesia de S. Pedro, Lapas e Ribeira Branca, Júlio Clérigo (na foto acima).

Texto: Márcia Dores

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar