Jogos Olímpicos

02 agosto 2021, 10h09

Fernando Pimenta

O canoísta do Benfica Fernando Pimenta assegurou a presença nas meias-finais de K1 1000 metros nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e saiu da prova com "boas sensações" para o que resta da competição.

Controlando a prova desde o início, Fernando Pimenta conseguiu um registo de 3.40,323 minutos, superando o eslovaco Peter Gele, segundo classificado e igualmente apurado para as meias-finais a 1,808 segundos do Benfiquista, procurando fazer "uma boa gestão" da mesma, já a pensar nos desafios que tem pela frente.

"Tentei fazer uma boa gestão, procurar boas sensações, o mais importante. Encontrei um bom ritmo e depois abrandei um pouco, pois dava para isso. Na parte final tive de estar vigilante, pois vinham rivais a disputar a segunda vaga para as meias-finais e não queria ser surpreendido", disse, em declarações à Lusa, admitindo que mesmo assim sentiu a dureza da prova: "Foi um pouco dura com vento de frente. Tentei ser bastante regular e qualificar-me já, pois assim tenho tempo para pensar no próximo desafio.

Fernando Pimenta

Colocando a fasquia nos primeiros quatro lugares da sua meia-final de modo a assegurar a presença na "regata das regatas", na próxima terça-feira de madrugada em Portugal [meia-final prevista para as 2h00 e a final para as 4h20], Fernando Pimenta desvalorizou o facto de as duas corridas decisivas realizarem-se no mesmo dia e com escasso tempo de diferença

"O primeiro passo é conseguir um lugar na final e, posteriormente, é tentar descansar o melhor possível nas duas horas que distam para a final, para dar o meu máximo. Acima de tudo, que seja um grande espetáculo desportivo. É igual para todos, pelo que vai ser justo", considerou o vice-campeão da Europa do presente ano e vice-campeão Olímpico em Londres 2012, então em K2 1000 metros, com Emanuel Silva.

Texto: Rui Miguel Gomes com Lusa
Fotos: COP
Última atualização: 2 de agosto de 2021

Patrocinador Benfica Olímpico


Relacionadas

Jogos Olímpicos

Atrás dos sonhos nas Olimpíadas

Teresa Portela, João Ribeiro, Messias Baptista e Fernando Pimenta são os quatro canoístas do Benfica que integram a comitiva portuguesa que vai participar nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Os atletas partiram rumo ao Japão com expectativas de alcançar bons resultados. Se Teresa Portela pretende ver a sua "melhor versão" na competição de K1 200 metros e de K1 500 metros, Fernando Pimenta admite o sonho de uma medalha no K1 1000 metros. "Levo a palavra Portugal. Levo a bandeira de Ponte de Lima e o cachecol do Benfica, são coisas que já fazem parte da bagagem. Todos os atletas sonham com uma final e com uma medalha. Estou ciente das dificuldades", afiançou. João Ribeiro prometeu, à BTV, "empenho e dedicação" e Messias Baptista mostrou-se "sem medo nem receio" no seio de uma equipa "experiente" no K4 500 metros.

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar