Futebol

06 outubro 2022, 00h05

Odysseas

António SIlva

Gonçalo Ramos

A receção do Benfica ao PSG terminou com um empate (1-1). Injustamente em desvantagem no marcador, o Benfica reagiu e igualou a partida com um desvio de Danilo para a própria baliza, na sequência de um cruzamento de Enzo. Perante o apoio dos mais de 60 mil adeptos nas bancadas do Estádio da Luz, os encarnados concluíram a 3.ª jornada do grupo H da Liga dos Campeões com sete pontos, em igualdade com o campeão francês.

Nas entrevistas rápidas, Odysseas, António Silva e Gonçalo Ramos analisaram o desafio e consideraram que o Benfica mostrou potencial para bater o PSG, pelas oportunidades criadas e pela forma como toda a equipa soube defender.

Odysseas

ODYSSEAS

"Pressionámos muito alto e a nossa defesa começou aí"

"Foi um jogo fantástico, agradável de se ver e merecemos o empate. Foi uma partida difícil, mas aberta e mostrámos que podemos estar ao mesmo nível destas equipas de topo. Lutaremos em todos os jogos e há que continuar assim. Tentei dar o meu melhor, defender os remates dos adversários, mas tenho de dizer que toda a equipa defendeu muito bem. Todos ajudaram no plano defensivo e foi fantástico. Pressionámos muito alto e a nossa defesa começou aí. Agora temos sete pontos e é algo muito bom. Estamos a praticar um futebol fantástico e o ambiente criado pelos adeptos no Estádio foi maravilhoso, dou os parabéns a toda a equipa."

António Silva

ANTÓNIO SILVA

"Soubemos bater de frente com um tubarão europeu"

"Foi um jogo muito bom da equipa. Entrámos bem e criámos duas ou três oportunidades que nos podiam ter dado a vantagem, mas o PSG tem jogadores de muita qualidade. O Messi fez o golo, nós fomos atrás do resultado e marcámos também um golo. Na segunda parte sofremos um pouco com o poderio deles, mas soubemos bater de frente com um tubarão europeu e isso foi o mais importante. Não conseguimos os três pontos, mas o empate não é um mau resultado para nós. Continuamos na luta pelo primeiro lugar [do grupo H] e vamos a Paris [na 4.ª jornada] com a ambição de continuar na luta por esse mesmo lugar. Com a ajuda dos meus colegas, que me passam muita informação que me deixa mais tranquilo, e com colegas de qualidade, é sempre mais fácil fazer bons jogos. É isso que tenho tentado fazer."

Gonçalo

GONÇALO RAMOS

"Tivemos oportunidades para ganhar"

"Nunca entramos em campo para empatar, isso no Benfica não existe. Jogamos sempre para vencer e isso foi visível. Tivemos oportunidades para ganhar o jogo. O Marquinhos é um dos melhores centrais a nível mundial e defrontar este tipo de jogadores ajuda-me a crescer. [Ouvir elogios de Marquinhos] é sinal de reconhecimento. Há que continuar a trabalhar e tento dar o melhor. Acho que qualquer equipa neste grupo pode vencer qualquer uma. Estamos empatados [com o PSG] na liderança e somos as equipas mais fortes, até ver, mas ainda faltam três jornadas e há muito ponto para disputar."

Texto: Redação
Fotos: Isabel Cutileiro e Tânia Paulo / SL Benfica
Última atualização: 5 de outubro de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar