3 de janeiro de 2019, 23h12

Rui Vitória: seis títulos em três anos e meio na Luz

Futebol

Ciclo do treinador no Benfica começou em 2015/16 e terminou em janeiro de 2019.

Contratado em junho de 2015 para comandar o plantel de futebol profissional do Benfica, Rui Vitória deu corpo a um ciclo competitivo que, no terreno de jogo, se abriu a 9 de agosto de 2015 e se fechou a 2 de janeiro de 2019. Neste percurso de três anos e meio, o treinador liderou as águias na conquista de seis troféus: 2 Campeonatos, 1 Taça de Portugal, 2 Supertaças e 1 Taça da Liga.

Rui Vitória totalizou 184 jogos na orientação técnica dos encarnados e alcançou 125 triunfos. Em 2015/16, logo na primeira época, contabilizou 52 partidas e 40 vitórias, finalizando o ano desportivo com chave de ouro: a conquista do Tricampeonato, materializada na tarde de 15 de maio de 2016 no Estádio da Luz. A este resultado juntou ainda, poucos dias depois, o sucesso na final da Taça da Liga.

Lançando e valorizando jogadores formados e desenvolvidos no Caixa Futebol Campus – casos de Ederson, Nélson Semedo, Lindelöf, Renato Sanches, Gonçalo Guedes, João Carvalho, Diogo Gonçalves e, mais recentemente, Rúben Dias, Gedson, João Félix, Alfa Semedo, Bruno Varela e Yuri Ribeiro, entre outros –, Rui Vitória, nesta caminhada, guiou os encarnados ao Tetracampeonato em 2016/17, temporada em que o Benfica disputou 54 jogos e arrecadou 38 triunfos.

Nas primeiras duas épocas, Rui Vitória teve o mérito de conduzir o Benfica de forma consecutiva aos oitavos de final da Liga dos Campeões. Em 2015/16, aliás, o trajeto na maior prova europeia de clubes só conheceria o seu epílogo nos quartos de final, perante o poderoso Bayern Munique. A eliminatória foi discutida golo a golo e deixou o treinador adversário, Pep Guardiola, rendido à qualidade futebolística das águias, que elogiou em intervenções públicas na altura e posteriormente.

O Benfica celebrou o Tetracampeonato sob a liderança técnica de Rui Vitória em 2016/17, mas a época, principiada com o triunfo na Supertaça, só terminaria no Estádio Nacional e com a conquista da Taça de Portugal

Fruto dos êxitos somados ao longo deste percurso, os encarnados discutiram duas Supertaças pelas mãos de Rui Vitória e foram bem-sucedidos em ambas as ocasiões: triunfos por 3-0 sobre o Braga em 2016/17 e por 3-1 perante o V. Guimarães em 2017/18.

Na presente temporada, o treinador levou as águias a atingir o primeiro objetivo a que se propuseram: a qualificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões. Para lá chegar, o conjunto benfiquista bateu o Fenerbahçe e o PAOK, impondo-se, com categoria, em ambientes historicamente infernais.

Números no Benfica

ÉPOCA JOGOS VITÓRIAS
2015/16 52 40
2016/17 54 38
2017/18 47 28
2018/19 31 19

Troféus ganhos

  • 2 Campeonatos (2015/16 e 2016/17)
  • 1 Taça de Portugal (2016/17)
  • 2 Supertaças (2016/17 e 2017/18)
  • 1 Taça da Liga (2015/16)

Texto: João Sanches

Fotos: SL Benfica

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar