Futebol

16 agosto 2022, 08h34

Benfica ultrapassou o Midtjylland na 3.ª pré-eliminatória

Dínamo Kiev superou o Sturm Graz na 3.ª pré-eliminatória

É na Polónia, em Lodz, que o Benfica defronta o Dínamo Kiev nesta quarta-feira, 17 de agosto, às 20h00 continentais, na 1.ª mão do play-off de apuramento para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Sem competir internamente desde 12 de dezembro de 2021, primeiro devido à pausa de inverno e posteriormente pela suspensão do Campeonato ucraniano decretada na sequência da invasão da Rússia a 24 de fevereiro, o Dínamo Kiev viu o seu apuramento para as eliminatórias de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões determinado pelo segundo lugar que ocupava no momento da interrupção, em que estava a dois pontos do líder Shakhtar Donetsk.

Daí em diante, os comandados de Mircea Lucescu perderam alguns atletas que figuravam no plantel da temporada transata e que tinham sido opção para os dois embates com o Benfica (0-0 em Kiev e 2-0 a favor das águias no Estádio da Luz) na fase de grupos da Champions League de 2021/22.

Tal verificou-se, sobretudo, nos jogadores estrangeiros. Foram os casos de Sidcley, Eric Ramírez, Shkurin, Carlos Peña, Gerson Rodrigues e Vitinho, que seguiram para outras paragens, permanecendo na equipa o lateral-direito polaco Kedziora e o extremo esloveno Verbic, que, após os duelos com o Fenerbahçe na 2.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, ingressou no Panathinaikos.

Porém, o Dínamo Kiev manteve a base da equipa, constituída por um conjunto de atletas provenientes da formação do clube e cujo conhecimento é uma mais-valia, muitos deles internacionais pela Ucrânia, como são os casos de Karavayev, Zabarny, Sydorchuk, Shaparenko ou Tsygankov.

Benfica-Arouca

Em Lodz, para encarar o Dínamo, estará um Benfica que conta por triunfos os quatro jogos oficiais realizados até ao momento, diante de Midtjylland (4-1 e 1-3), Arouca (4-0) e Casa Pia (0-1), dois deles precisamente referentes à 3.ª pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões e os restantes para a Liga Bwin.

O QUE SE TEM VISTO EM 2022/23

O Dínamo Kiev entrou oficialmente em campo na 2.ª pré-eliminatória de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, tendo enfrentado os turcos do Fenerbahçe. No duelo da 1.ª mão, em Lodz, recorrendo a um 4x4x2 (Bushchan, Kedziora, Popov, Zabarnyi, Dubinchak, Sydorchuk, Shaparenko, Tsygankov, Verbic, Buyalski e Biesedin), os ucranianos não conseguiram melhor do que um empate sem golos.

Na 2.ª mão, em Istambul, apresentando o mesmo onze, os ucranianos conseguiram mostrar-se mais perigosos, estiveram na frente da eliminatória até aos 89 minutos (por Buyalsky), altura em que permitiram o empate a um golo. No prolongamento, Karavaev fez o 1-2 e agendou o encontro com os austríacos do Sturm Graz na 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

Dínamo Kiev

De novo em Lodz, na 1.ª mão da 3.ª pré-eliminatória, o domínio territorial do Dínamo Kiev viu-se na posse de bola (65% contra 35%) e no maior assédio à baliza do Sturm Graz. Com apenas uma alteração no onze face aos embates com o Fenerbahçe, a entrada de Shepelev para o lugar do transferido Verbic, os homens do experiente Mircea Lucescu foram mais rematadores e saíram vitoriosos por 1-0. Karavaev foi o autor do golo.

Na Áustria, em Graz, a formação ucraniana ainda foi mais incisiva na gestão da posse de bola (67% contra 33%), igualando o número de remates (15) num encontro que teve prolongamento. Rasmus Höjlund fez o golo que ditou o 1-0 para o Sturm Graz no final dos 90 minutos, mas, no tempo extra, Vivcharenko e Tsygankov lançariam o Kiev para o triunfo por 1-2.

O jogo realizado na Áustria provocou duas baixas no Dínamo para o duelo da 1.ª mão do play-off da Liga dos Campeões frente ao Benfica. Sydorchuk e Garmash vão cumprir um jogo de suspensão devido à acumulação de cartões amarelos.

Benfica-Dínamo Kiev

BENFICA E DÍNAMO KIEV: UM PASSADO COM SEIS DUELOS

Benfica e Dínamo Kiev já se encontraram por seis ocasiões ao longo da sua história, e as águias venceram quatro dos jogos disputados. Todos inseridos na Liga dos Campeões, o primeiro data de 1991/92, em Kiev, com vitória (1-0) dos da casa. Salenko foi o autor do único golo apontado pelo Dínamo Kiev ao Benfica. Em Lisboa, no Estádio da Luz, seguiu-se uma goleada (5-0) na mesma época. Já em 2016/17 disputaram-se dois encontros em que o Benfica saiu vitorioso (0-2 e 1-0).

Na temporada passada, em 2021/22, registou-se um empate sem golos na primeira jornada do grupo E da Liga dos Campeões, em Kiev, enquanto no Estádio da Luz o Benfica venceu (2-0) com golos de Gilberto e Yaremchuk, avançado internacional ucraniano formado precisamente no Dínamo Kiev. Do onze apresentado pelos ucranianos nesta partida – Bushchan, Tymchyk, Zabarnyi, Syrota, Mykolenko, Sydorchuk, Shaparenko, Garmash, Tsygankov, Verbic e Buyalski – apenas Mykolenko e Verbic não figuram no plantel atual.

Histórico

Época

Competição Resultado
2021/22 Liga dos Campeões Benfica-Dínamo Kiev
2-0
2021/22 Liga dos Campeões Dínamo Kiev-Benfica
0-0
2016/17 Liga dos Campeões Benfica-Dínamo Kiev
1-0
2016/17 Liga dos Campeões Dínamo Kiev-Benfica
0-2
1991/92 Liga dos Campeões Benfica-Dínamo Kiev
5-0
1991/92 Liga dos Campeões Dínamo Kiev-Benfica
1-0

Texto: Rui Miguel Gomes
Fotos: Arquivo SL Benfica e Dínamo Kiev
Última atualização: 16 de agosto de 2022

Patrocinadores principais do Futebol


Relacionadas

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar