27 de agosto de 2020, 13h13

Gonçalo Ramos eleito o melhor jogador da UEFA Youth League

Futebol

O avançado das águias foi um dos grandes destaques da equipa encarnada na prova europeia.

NOTÍCIA

Gonçalo Ramos, avançado de 19 anos do Sport Lisboa e Benfica, que já se estreou, com dois golos marcados, na equipa principal do Clube, foi considerado o Melhor Jogador da edição 2019/20 da UEFA Youth League. 

Para além desta distinção, o jogador do Benfica foi ainda o Melhor Marcador da competição, a par de Roberto Piccoli (Atalanta), com oito remates certeiros. O site oficial da UEFA mostra ainda que o jovem talento foi o atleta com mais remates enquadrados (18) durante toda a prova

Gonçalo Ramos foi um dos rostos em maior foco durante a caminhada do Benfica na UEFA Youth League. O dianteiro esteve presente em nove dos dez jogos realizados pelo Clube da Luz e ajudou a equipa, liderada por Luís Castro, a sagrar-se vice-campeã da prova, depois de já participado em três finais. Recorde agora os tentos do jovem goleador!

Números de Gonçalo Ramos

JOGOS MINUTOS  GOLOS
Benfica-Leipzig 26' -
Zenit-Benfica 65' 1
Benfica-Lyon 62' -
Lyon-Benfica 90'  
Leipzig-Benfica 90 1
Benfica-Liverpool 90' 2
Dínamo Zagreb-Benfica 90' 2
Benfica-Ajax 87' -
Benfica-Real Madrid 90' 2

A caminhada encarnada

Os Sub-19 do Benfica enfrentaram um trajeto de dez jogos na UEFA Youth League para chegarem à final da competição. Mas vamos ao início. Na fase de grupos as águias venceram cinco jogos e perderam apenas um! Vitórias sobre Leipzig (2-1 e 0-3), Zenit (1-7 e 1-0) e sobre o Lyon (2-3). A derrota também ocorreu contra os franceses, num jogo em que o desfecho não foi condicente com a exibição (1-2). 

Futebol Dínamo Zagreb Benfica UEFA Youth League

Nos oitavos de final, as águias "atropelaram" o Liverpool por 4-1 (Gonçalo Ramos fez um bis) e passaram à fase seguinte, fase essa que aconteceu vários meses depois devido à pandemia da COVID-19. A UEFA transferiu todos os jogos para Nyon e decidiu que fosssem resolvidos a uma mão apenas.

O Clube da Luz venceu o Dínamo Zagreb por 1-3 nos quartos de final e depois eliminou o Ajax por 3-0 nas meias-finais. O dia 25 de agosto foi o escolhido para a realização do derradeiro encontro – a terceira final dos benfiquistas em sete edições. Benfica e Real Madrid eram os finalistas, contudo, o resultado não foi o mais desejado. Os comandados de Luís Castro, foram mais fortes, mas a sorte do jogo esteve com os merengues que levaram a taça para Espanha, após terem vencido por 2-3.

Texto: Diogo Nascimento

Fotps: Arquivo / SL Benfica 

Utilizamos cookies para enriquecer a sua experiência de navegação.
Ao continuar a navegar no nosso site está a concordar com a nossa política de utilização de cookies.

Aceitar